Imprimir
cabecalho informe

Informe Paraná Cooperativo - edição nº 4823 | 15 de Maio de 2020

REUNIÕES INSTITUCIONAIS: Pandemia fez de 2020 o ano da incerteza

 

O ano de 2020 é uma grande incerteza. Por conta da pandemia do coronavírus, a economia desacelerou, o câmbio disparou e o consumo caiu. Como as cooperativas devem agir diante desse cenário? As perspectivas do mercado e os desafios para se manter em atividade nesse momento em que o mundo parou, são assunto que têm pautado as reuniões institucionais que o Sistema Ocepar vem realizando com as cooperativas do estado. Ontem, dia 14, os profissionais da organização se reuniram por videoconferência com a Unicampo (Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Agronomia), de Maringá, e na manhã desta sexta-feira, dia 15, se reuniram com a Agrária, cooperativa de Entre Rios, distrito de Guarapuava. 

 

Mercado - “O ano é para não se tomar risco”, destacou o coordenador da área Técnica, Silvio Krinski, ao comentar os indicadores divulgados pelo Boletim Focus, do Banco Central, com as projeções PIB, câmbio, IPCA e taxa Selic. “Os preços no mercado externo estão testando suas mínimas, e internamente testando suas máximas. Como tomar decisões diante desse cenário”, questionou. “Fizemos uma cesta com 20 indicadores, e de forma personalizada para cada cooperativa. Assim, é possível analisar como a cooperativa está no momento e fazer um comparativo com outras cooperativas do mesmo porte e região”, comentou o coordenador de Monitoramento, João Gogola. 

 

Sescoop/PR - O portfólio de projetos que o Sescoop/PR disponibiliza para as cooperativas, e a readequação por conta da MP 936, que reduziu, pelo período de três meses, os recursos destinados ao Sistema S, foi o assunto abordado pela gerente de Cooperativismo, Maria Emília Pereira Lima. “Nesse momento de quarentena, o Sescoop/PR teve que se reiventar. Implantamos de forma rápida a prestação de contas e registros de forma digital, e possibilitamos para as cooperativas possam fazer alguns treinamentos no formato virtual. E acamos de lançar, há certa de uma semana, de duas ferramentas de EAD, de ensino à distância. Uma é nacional e outra, em parceria com o Senai paraná para cursos técnico. São plataformas quenão concorrem entre si, mas se complementam”, disse.  

 

Relevância - O presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, lembrou que o momento é difícil e que ninguém vai ficar imune aos acontecimentos provocados pela pandemia da Covid-19. “Porém, estamos numa área essencial, temos uma missão fundamental nesse momento. Não adianta pânico, temos que seguir o planejamento, cumprir os contratos e atender as demandas, tendo sempre em mente a necessidade de sermos relevantes”, afirmou. Também participaram pelo Sistema Ocepar, os superintendentes Leonardo Boesche (Sescoop/PR) e Robson Mafioletti (Ocepar).

 

Agilidade - O presidente da Agrária, Jorge Karl, destacou o fato do Sistema Ocepar ter se adaptado rapidamente e mantido suas atividades. “Percebemos, pela maneira como a reunião foi conduzida hoje, que não foi uma atitude isolada, mas envolveu o trabalho de várias pessoas”, comentou. O dirigente também frisou que os indicadores apresentados são importantes porque ajudam a balizar o que a cooperativa vem fazendo. “Também conseguimos ter um comparativo em relação ao mercado e a outras cooperativas. Claro que cada cooperativa tem suas particularidades, mas há vários aspectos em comum. E o cooperativismo não é competição”, concluiu.

 

{vsig}2020/noticias/05/15/reuniao_institucional/{/vsig}

OPINIÃO : Presidente da Lar enaltece trabalho do Sistema Ocepar nesse momento de pandemia

 

opiniao 15 05 2020Pela primeira vez na história da entidade, as Reuniões Institucionais do Sistema Ocepar (Organização das Cooperativas do Paraná) estão ocorrendo de maneira virtual, em função da pandemia do novo coronavírus. A primeira cooperativa a participar da reunião foi a Lar, de Medianeira. Segundo seu Diretor-Presidente, Irineo Rodrigues, a experiência virtual foi um sucesso. Ele também destaca o quanto é importante o trabalho que o Sistema desenvolve em prol das cooperativas, em especial o Sescoop/PR (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo). Ouça aqui

 

GESTÃO: Presidente do Sistema Ocepar diz que líderes precisam ser transparentes em sua comunicação

 

gestao 15 05 2020O papel do gestor e as estratégias implementadas para superar os desafios do momento e pós-pandemia atuais foi o tema do bate-papo promovido pelo Sebrae Paraná na manhã desta sexta-feira (15/05). “Na minha visão o líder precisa evitar o pânico. As pessoas estão sendo contaminadas por um turbilhão de notícias negativas. Mas não podemos internalizar isso, criar uma imagem de tragédia”, disse o presidente do Sistema Ocepar, durante a live, que também contou com a participação do presidente da Faep, Ágide Meneguette. A conversa foi mediada pelo superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta. 

 

Prudência - O presidente do Sistema Ocepar lembrou que o momento é difícil, porém, há necessidade de todos agirem com calma e tranquilidade. “E temos que transmitir isso para a nossa equipe. Outra questão é ser transparente, para que nossos liderados não sintam que estamos escondendo informações. De jeito nenhum! Por isso, mais do que nunca, nossa comunicação precisa ser direta e clara. Por fim, temos que resgatar o nosso planejamento, avaliando o que é relevante nesse momento. Em relação ao cooperativismo, penso que o melhor que podemos fazer agora é contribuir com o abastecimento de alimentos. Pessoas doentes e com fome, é o caos!”, afirmou.

 

Conectando líderes - O Líderes do Paraná em Ação é uma série de lives com o conceito de informar e conectar líderes nas reflexões sobre o papel da liderança neste cenário de crise pela Covid-19. A primeira conversa foi realizada na última quarta-feira, dia 13, com o vice-governador Darci Piana e Carlos Martins Pedro.

 

Clique aqui e confira a conversa com José Roberto Ricken e Ágide Meneguette.

COVID-19 I: Comitê de Acompanhamento do Sistema Ocepar divulga comunicado 38

covid 15 05 2020O Comitê de Acompanhamento e Prevenção do Covid-19 do Sistema Ocepar divulgou na tarde desta quarta-feira (14/05), o comunicado 38, com mais informações sobre medidas adotadas para amenizar os impactos da pandemia. O Sistema Ocepar informa que suas atividades estão sendo desenvolvidas de forma remota, não havendo atendimento presencial. Informações e contatos podem ser realizados pelo site www.paranacooperativo.coop.br.

1. No dia 14 de maio, a Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar realizou uma palestra virtual com os profissionais das cooperativas que atuam com exportações de proteína animal, com objetivo debater sobre o mercado Internacional de aves e suínos em tempos de pandemia. A palestra contou com a participação de 15 profissionais do ramo agropecuário.

2. No dia 14 de maio, o Presidente do Banco Central do Brasil realizou uma reunião, por videoconferência, com os representantes do setor agrícola. Para acessar o material clique aqui.

3. No dia 14 de maio, o presidente do Sistema Ocepar enviou comunicado interno informando que o plano de retorno às atividades presenciais será deliberado na reunião de Diretoria no dia 22/05, e o retorno será planejado desde que respaldado por decisão oficial e que haja a segurança necessária.

4. No dia 13 de maio, o Banco Central do Brasil publicou a Resolução nº 4.816, que altera a Resolução nº 4.802, de 9 de abril de 2020, autorizando a renegociação de operações de crédito rural de custeio e de investimento para produtores rurais e cooperativas singulares de produção agropecuária que tenham sofrido perdas na renda em decorrência de seca ou estiagem. Para acessar, clique aqui.

O Comitê - O Sistema Ocepar constituiu o Comitê de Acompanhamento e Prevenção do Covid-19 com objetivo de monitorar, receber, avaliar e comunicar seus públicos sobre as informações mais recentes ligadas à disseminação e precauções que devem ser tomadas diante da epidemia da doença. O grupo é formado pela Diretoria Executiva, coordenações de Gestão Estratégica e de Comunicação Social, com assessoramento jurídico e colaboração da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa).

COVID-19 II: Confira as ações do cooperativismo que foram destaque nesta semana

 

covid II 15 05 2020A Área Covid-19 do Portal Paraná Cooperativismo atualiza toda sexta-feira as notícias que foram destaque durante a semana no Informe Paraná Cooperativo e na Rádio Paraná Cooperativo. Lá, é possível acessar também os comunicados do Comitê de Acompanhamento e Prevenção da Covid-19 da entidade. Há ainda uma seção de perguntas e respostas, com esclarecimentos relativos à pandemia. Clique aqui e confira.

 

C.VALE: Hipermercado em Assis será inaugurado este ano

 

Se tudo correr dentro do previsto, ainda esse ano, a C.Vale inaugura o Hipermercado de Assis Chateaubriand (PR). O anúncio foi feito ontem (14/05) pelo presidente da cooperativa Alfredo Lang, durante visita a obra. Acompanhado pelos membros do Conselho de Administração, Lang revelou que a estrutura será um centro de compras e lazer para Assis e região. “É o que os associados e a comunidade merecem. Eles poderão passear com a família, fazer compras, ver novidades, almoçar, jantar e até assistir filmes no cinema”, enalteceu Lang. 

 

Estrutura - O cronograma estrutural já atingiu 70% da obra. São 22.600 metros quadrados de área e um restaurante com 1.085 metros quadrados, capaz de atender 678 pessoas. O hipermercado terá três estacionamentos, sendo um deles no subsolo. A construção está sendo erguida em terreno de 36 mil metros, no antigo pátio de máquinas da prefeitura. O empreendimento de R$ 49 milhões, iniciado em agosto de 2019, vai gerar 220 empregos diretos. 

 

BOX

Hipermercado C.Vale

Investimento: R$ 49 milhões

Empregos: 220

Área: 22.642 m²

Restaurante: para 678 pessoas

Estacionamento: 16.700 m²

Caixas: 43 

Cinema: 2 salas

(Assessoria de Comunicação da C.Vale)

 

{vsig}2020/noticias/05/15/cvale/{/vsig}

 

INTEGRADA: Apoio à soltura de peixes é mais um entre tantos de cooperativa londrinense

 

integrada 15 05 2020A tradicional soltura de peixes no Rio Piquiri é uma das ações anuais de grande importância em prol do meio ambiente. Na edição 2020, ocorrida no final de abril, mais de 50 mil alevinos peixes no Rio Piquiri, que nasce em Guarapuava e corta o Estado até o Rio Paraná. Desde que o projeto foi criado, há 10 anos, mais de 800 mil peixes foram soltos. A iniciativa visa repovoar e preservar a vida aquática, colaborando para a sustentabilidade de todo um ecossistema. Quem nos destaca a importância dessa ação é Marcelo Peluso, Gerente da Área de Relacionamento da Integrada. Ouça aqui.

Saiba mais: www.integrada.coop.br

COCARI: Campanha “Corrente do Bem” capacita voluntários para a confecção de máscaras

 

cocari 15 05 2020É cada vez maior o número de ações solidárias para ajudar no controle da pandemia do Covid-19. A população, o Governo e a iniciativa privada têm se organizado para reduzir as dificuldades especialmente dos grupos sociais mais necessitados. A Cooperativa Cocari também tem atuado nesse sentido, com a realização da Campanha Corrente do Bem. O Presidente da Cooperativa, Vilmar Sebold, descreve para nós como esse trabalho tem sido feito. Ouça aqui

 

SICREDI PARQUE DAS ARAUCÁRIAS: Doação de mais de 10 mil máscaras

 

A Sicredi Parque das Araucárias PR/SC/SP realizou recentemente a campanha Máscaras do Bem, iniciativa criada para contribuir com as ações de prevenção ao avanço da pandemia de Covid-19. Encerrada na última sexta-feira (07/05), a campanha viabilizou a doação de mais de 10 mil máscaras de tecido, distribuídas gratuitamente nas agências da cooperativa.

 

O que doar - A comunidade pôde contribuir com a mobilização por meio de doações em dinheiro, complementadas em igual valor pela Sicredi Parque. Entre doações e valores complementados, foram arrecadados recursos suficientes para confeccionar cerca de 4.000 máscaras. Porém, a cooperativa contribuiu com um aporte extra, o que permitiu a confecção de mais de 10 mil máscaras. Os acessórios, fundamentais para a prevenção ao novo coronavírus, estão sendo confeccionadas por profissionais e empresas do ramo de corte e costura dos municípios que da área de atuação da Sicredi Parque das Araucárias, pois outro objetivo da campanha é contribuir para a manutenção da economia local neste momento de instabilidade. (Assessoria de Comunicação Sicredi Parque das Araucárias)

 

{vsig}2020/noticias/05/15/sicredi_parque_araucaria/{/vsig}

UNIMED: Unimed é uma das companhias mais bem avaliadas pelo público durante a pandemia da COVID-19

 

unimed 15 05 2020A Unimed é uma das companhias mais bem avaliadas pelo público no combate à COVID-19, segundo três avaliações de marca realizadas pelas consultorias Reptrak Company, Innovation Center e HSR Specialists Researchers. As análises levaram em consideração a excelência das empresas em ações de cidadania e de prevenção voltadas a garantir o bem-estar dos brasileiros neste período em que o País convive com o desafio de atender pacientes infectados pelo vírus, testar casos suspeitos, garantir apoio a profissionais da linha de frente e assistir a grupos populacionais em situação de vulnerabilidade social. 

 

Análise - O estudo feito pela Reptrak Company (antigo Reputation Institute) identificou os principais resultados da pandemia na reputação de setores da economia brasileira, com uma análise sobre ações que geraram o maior impacto positivo na visão de 1.415 pessoas, que avaliaram mais de 100 empresas distribuídas por 15 setores econômicos. 

 

Respostas rápidas - Quando observadas as iniciativas em resposta à pandemia, a Unimed é citada entre as instituições com maiores lembrança e impacto na reputação. O crescimento reputacional tem sido gerado por um posicionamento ativo em resposta à crise, ou seja, ações que, comunicadas de forma eficaz, têm gerado impacto positivo na percepção do público sobre a marca. O investimento em causas sociais e o comprometimento em manter emprego e renda dos colaboradores também são levados em consideração. 

 

Conheça o Sistema - O Sistema Unimed é composto por 345 cooperativas presentes em 84% do território brasileiro, atendendo a 18 milhões de pessoas. E como é de se esperar, todas elas estão amplamente engajadas no combate à pandemia em ações das mais variadas. Entre elas, estão a distribuição de máscaras e EPIs gerais para os colaboradores envolvidos no combate direto e indireto à pandemia, apoio psicológico para os profissionais da linha de frente do atendimento a pacientes, a preparação de materiais orientativos à população, médicos cooperados, funcionários e clientes, criação de e-books e FAQs, arrecadação de alimentos para famílias carentes, campanhas de doação de sangue, testes rápidos para COVID-19 e equipamentos para hospitais locais. 

Alguns exemplos: 

• Uma parceria da Unimed Porto Alegre (RS) com o governo do Rio Grande do Sul e a Universidade Federal de Pelotas realizou um trabalho de testagem da população gaúcha visando estimar o percentual de infectados pelo novo coronavírus no estado. O levantamento, ainda em andamento, visa entender a evolução do vírus com o objetivo de oferecer direcionamentos para seu combate. 

• Em Belo Horizonte (MG), a Unimed local já vem oferecendo a modalidade de consulta online para seus clientes de maneira muito bem sucedida, ao ponto de a Secretaria Municipal de Saúde da cidade solicitar o uso de seu sistema para, também, oferecer o serviço para os usuários do SUS 

• Em Fortaleza (CE), a Unimed ergueu um hospital de campanha em uma semana ao lado do hospital principal da cooperativa na cidade. Conta com 720 metros quadrados e dispõe de 44 vagas de leitos de internação ou medicação, além de uma área de triagem para atender pacientes com suspeita de coronavírus. Para dar conta dos atendimentos, foram contratados 120 novos profissionais de saúde 

• Em Maringá (PR), a Unimed local está confeccionando máscaras de tecido em parceria com outras cooperativas da região para serem distribuídas à comunidade local. Inicialmente, foram produzidas e entregues 20 mil máscaras, mas se projeta que este número chegue a 50 mil 

• Em Juiz de Fora (MG), a Associação dos Funcionários da Unimed local, com o apoio da cooperativa, criou uma campanha para incentivar doações que serão revertidas na compra de cestas básicas, máscaras e kits de higienes, que serão doadas a entidades assistenciais da cidade 

• A Unimed Sul Capixaba promoveu, em Cachoeira do Itapemirim (ES), uma campanha para que os colaboradores da cooperativa doassem sangue à Santa Casa e ao Hospital Evangélico da cidade 

 

Repercussão positiva - Além da Reptrak Company, o Innovation Center e a HSR Specialists Researchers, em suas respectivas pesquisas, também atestaram boas repercussões para atuação da Unimed durante a pandemia. No primeiro, o sistema de cooperativas de saúde foi citado entre as dez marcas que fizeram o melhor trabalho desde o surgimento da COVID-19 no País. Também foi incluída no ranking das empresas em que os respondentes gostariam de trabalhar, tendo em vista as iniciativas aplicadas. No segundo, figurou entre as 20 marcas com maior percepção positiva no Brasil no atual cenário, em um indicador que avaliou a lembrança espontânea da marca em ações voltadas ao combate à crise sanitária e sua associação com a imagem de "marca transformadora". 

 

Amparo - "Em um momento de tantas incertezas como este, as pessoas naturalmente buscam se apoiar em marcas capazes de lhes amparar e auxiliá-las a superar as provações que nos estão sendo colocadas. Neste sentido, como uma instituição que tem em seus alicerces a preocupação com o cuidado das pessoas, devemos ter uma visão holística das comunidades em que nos inserimos para que possamos assisti-las não apenas com atendimento de saúde de qualidade, mas cumprindo um papel social bem mais amplo", afirma Orestes Pullin, presidente da Unimed do Brasil. 

 

Sobre a Unimed - A Unimed possui 52 anos de atuação no mercado de saúde suplementar. A marca nasceu com a fundação da Unimed Santos (SP), em 1967, e hoje é composta por 345 cooperativas de saúde, com assistência para cerca de 18 milhões de beneficiários em todo País. Entusiasta do movimento SomosCoop, da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Unimed conta com mais de 116 mil médicos, 122 hospitais próprios e cerca de 2.500 hospitais credenciados, além de pronto-atendimentos, laboratórios e ambulâncias para garantir a qualidade da assistência médica, hospitalar e de diagnóstico complementar prestada aos beneficiários das cooperativas. Sua marca é ratificada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) como de alto renome por seu grande nível de conhecimento pelo público, autoridade incontestável e fama que ultrapassa os limites do segmento de saúde. (Assessoria de Comunicação Unimed)

 


Versão para impressão


RODAPE