Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias LIVRE COMÉRCIO: Macri diz que negociação de acordo entre UE e Mercosul está travada

 

 

cabecalho informe

LIVRE COMÉRCIO: Macri diz que negociação de acordo entre UE e Mercosul está travada

 

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, afirmou que a negociação de um acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia (UE) está "meio travada", mas ressaltou que espera "novidades nos próximos dias". "Estamos pondo muita energia na negociação com a UE, que está meio travada. E também com o Japão, com o Canadá", disse Macri em entrevista coletiva, na residência presidencial de Olivos, nesta quarta-feira (18/07).

 

Impulso político - As declarações de Macri ocorreram após os dois blocos terem decidido dar um impulso político à negociação com uma reunião de nível ministerial em Bruxelas (Bélgica). O objetivo é aproximar posições que ainda estão muito distantes em temas sensíveis.

 

Crescimento menor - Depois de reconhecer que a economia do país crescerá menos do que o inicialmente previsto devido à recente crise cambial que levou o governo a obter um empréstimo de US$ 50 bilhões com o Fundo Monetário Internacional (FMI), Macri disse que a Argentina "aposta mais do que nunca" em uma aliança com o Brasil.

 

Progresso - "É um caminho para o progresso. É importante fortalecer o perfil exportador do Mercosul e da Argentina, algo que perdemos durante muito tempo", disse o presidente na entrevista. "Por sorte, as exportações estão crescendo. Há uma mudança extraordinária de perfil", completou Macri, citando os resultados da indústria da carne, que registrou uma alta de 60% nos embarques.

 

Guerra comercial - Macri também falou sobre a guerra comercial entre Estados Unidos e China. Como atual presidente do G20, o líder argentino afirmou que é preciso gerar um ambiente de diálogo para que os dois países e a UE encontrem uma solução para que todos sigam crescendo.

 

Recolocação - Segundo Macri, os países que mais se integraram ao mundo nos últimos anos são os que mais cresceram. Por esse motivo, ele tomou a decisão de recolocar a Argentina no cenário internacional "depois de muitos anos de isolamento". (Agência EFE / Agência Brasil)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias