Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias CARNES: Exportações de suínos e aves se mantêm estáveis no mês de julho

 

 

cabecalho informe

CARNES: Exportações de suínos e aves se mantêm estáveis no mês de julho

carnes 05 08 2019As exportações de carne suína in natura se mantiveram estáveis nesse mês de julho. Foram enviadas ao mercado externo 59,8 mil toneladas. A média diária registrou queda de 11,2% na comparação com junho, isso porque o mês de julho teve mais dias úteis. Na comparação com julho de 2018 a média diária registrada foi a mesma.

Valor - O total monetário movimentado com as exportações foi de US$ 137,1 milhões. O valor pago por toneladas foi 0,4% menor que o registrado em junho, ficando em US$ 2.292,40. Na comparação com julho de 2018 os preços registraram valorização de 23%, visto que no período o valor pago era de US$ 1.852,80.

Resultados gerais da balança comercial em julho - No mês, a exportação alcançou cifra de US$ 20,054 bilhões. Em relação a julho de 2018, as exportações registraram retração de 14,8%, e em relação a junho de 2019, queda de 8,1%, pela média diária.

Importações - As importações totalizaram US$ 17,761 bilhões. Sobre igual período do ano anterior, as importações apresentaram queda de 8,9%, e sobre junho de 2019, aumento de 12,6%, pela média diária.

Corrente de comércio - No período, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 37,815 bilhões. Sobre igual período do ano anterior registrou-se queda de 12,2%, pela média diária.

Superávit - O saldo comercial do mês apresentou superávit de US$ 2,293 bilhões, valor 43,4% inferior, pela média diária, ao alcançado em igual período de 2018, US$ 3,874 bilhões.

Carne de frango - Já as exportações de carne de frango in natura somaram 357,2 mil toneladas embarcadas no mês de julho. O valor é bem próximo ao registrado em junho de 357,7 mil toneladas. Com mais dias úteis a média diária registrou queda, passando de 18,8 em junho com 19 dias úteis para 15,5 em julho que somou 23 dias úteis, uma diferença de 17,5%.

Soma - Já em valores monetários, as exportações somaram US$ 602,3 milhões, isso porque o valor pago por tonelada registrou aumento de 3,8% na comparação com junho, passando de US$ 1624,00 para US$ 1686,00 a tonelada. Na comparação com julho de 2018 a valorização chegou a 12,3%, visto que o preço no período era de US$ 1501,70

Resultados gerais da balança comercial em julho - No mês, a exportação alcançou cifra de US$ 20,054 bilhões. Em relação a julho de 2018, as exportações registraram retração de 14,8%, e em relação a junho de 2019, queda de 8,1%, pela média diária.

Importações - As importações totalizaram US$ 17,761 bilhões. Sobre igual período do ano anterior, as importações apresentaram queda de 8,9%, e sobre junho de 2019, aumento de 12,6%, pela média diária.

Corrente de comércio - No período, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 37,815 bilhões. Sobre igual período do ano anterior registrou-se queda de 12,2%, pela média diária.

Saldo - O saldo comercial do mês apresentou superávit de US$ 2,293 bilhões, valor 43,4% inferior, pela média diária, ao alcançado em igual período de 2018, US$ 3,874 bilhões. (Boletins Diários Suinocultura Industrial e Avicultura Industrial)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias