cabecalho informe

RODOVIAS: Acordo de leniência deve reduzir em 30% pedágios em trechos da BR-277

rodovias 14 08 2019O acordo de leniência entre a Ecorodovias e o Ministério Público Federal deve baratear as viagens de carro para dois pontos turísticos do Paraná: o litoral e a tríplice fronteira, onde encontra-se Foz do Iguaçu. O acordo veio a público na segunda-feira (12/08) e determina, entre outras obrigações, a redução das tarifas praticadas pela empresa no Paraná em 30%. A Ecorodovias é a controladora da Ecocataratas e a Ecovias - Caminhos do Mar, ambas pedagiadoras da BR-277.

Cinco praças - O trecho controlado pela Ecocataratas tem cinco praças de cobrança localizadas nas cidades de Candói, Laranjeiras do Sul, Cascavel, Céu Azul e São Miguel do Iguaçu. Os pedágios para veículos de passeio custam, respectivamente, R$ 13,50 nas três primeiras praças de cobrança; R$ 12,50 na quarta e R$ 16,40 na quinta.

Queda - Quando aplicadas as reduções, os valores devem cair para R$ 9,45 em Candói, Laranjeiras do Sul e Cascavel; R$ 8,75 em Céu Azul e R$ 11,48 em São Miguel do Iguaçu. Para o condutor que passa pelas cinco praças, o custo na ida cairia de R$ 69,40 para R$ 48,58.

Caminhões - No caso de caminhões pequenos, de dois eixos, ao passar por todos os pedágios da BR-277 da Ecocataratas, o custo da viagem cairia de R$ 239,2 para R$ 167,44. O valor sobe à medida que cresce o tamanho do veículo de carga e um caminhão de dez eixos paga, atualmente, nos cinco pedágios, R$ 598 – caso a redução se concretize, o valor deve cair para R$ 418,60.

Km 60 - A Caminhos do Mar tem uma praça de cobrança estabelecida no km 60 da BR 277, entre Curitiba e Paranaguá, no litoral. O pedágio por passagem custa, para o veículo de passeio, R$ 20,90 e, se houver redução de 30%, cairá para R$ 14,63. Para caminhões leves, a redução seria dos atuais R$ 35,20 para R$ 24,64 e, para caminhões grandes, de dez eixos, o pedágio baixaria de R$ 173 para R$ 123,20.

Multa e obras - Pelo acordo, a Ecorodovias Infraestrutura e Logística ou a ECS, controladoras das concessionárias de pedágio do Paraná, se comprometeram a pagar o valor de R$ 30 milhões a título de multa; a Ecovia - Caminhos do Mar se comprometeu a arcar com R$ 20 milhões de obras e R$ 100 milhões de redução tarifária; e a Ecocataratas, a arcar com R$ 130 milhões de obras e R$ 120 milhões de redução tarifária.

Validade - A assessoria do MPF informou nesta terça (13/08) que a redução tarifária só passaria a valer 30 dias após a aprovação pela 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF e pela Justiça Federal de Curitiba. No acordo firmado com a Rodonorte, a homologação ocorreu cerca de 30 dias após o acordo vir a público. (Folha de Londrina, com Agência Estado)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias