COCAMAR: Governador promete esforços pela irrigação no Noroeste

 

Destacando o papel de liderança da Cocamar em obter conquistas para a região noroeste do estado, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior participou, na tarde desta quinta-feira (12/09), em Paranavaí, do Fórum de Irrigação. Na oportunidade, diante de mais de 250 participantes, entre produtores e técnicos, que lotaram o Recinto Felício Jorge no Parque de Exposições, foram anunciadas medidas de incentivo para investimentos em culturas irrigadas.

 

Desenvolver - “O Paraná é o maior produtor mundial de alimentos em quantidade e qualidade por metro quadrado, mas podemos ampliar os volumes por meio da irrigação”, disse o governador, acrescentando que a junção de trabalho entre governo, Cocamar e parceiros, vai desenvolver a região. “Se a região precisa investir em irrigação para gerar mais riquezas, empregos e desenvolvimento, vamos trabalhar, entre outras frentes, para baixar os preços dos equipamentos e também para conseguir um crédito mais acessível”, comentou. 

 

Potencial a explorar - Antes dele, o presidente do Conselho de Administração da Cocamar, Luiz Lourenço, havia se pronunciado para dizer que “a região noroeste apresenta grande potencial a explorar, precisa de incentivo e, no caso da irrigação, de uma outorga da água que seja menos burocrática”. Ele elogiou o trabalho realizado ao longo das décadas pelo Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), cujos pesquisadores têm sido fundamentais para o avanço do Programa de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Só na região da cooperativa, citou Lourenço, há mais de 200 mil hectares com projetos integrados demonstrando, com seus resultados, que esse é caminho para promover uma revolução econômica no noroeste.

 

Mudar - O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Anacleto Ortigara, disse que “tem jeito de mudar o cenário de pastos degradados do noroeste. O caminho é cobrir o solo o tempo todo com culturas e armazenar água no solo”, explicando que o produtor, ao investir em irrigação, precisa seguir um projeto bem elaborado e atender todas as recomendações técnicas. 

 

Ferramenta - “A irrigação é uma das ferramentas, não é a única solução para tudo”, destacou, salientando que o custo do uso da energia elétrica, em horários fora de pico, tem 60% de desconto; haverá linhas de crédito mais baratas para irrigação; estão sendo estudadas formas de reduzir os preços dos equipamentos e também de tornar a licença e a outorga da água mais simplificados. “Temos 3 milhões de hectares de solos arenosos na região noroeste, a maior parte com pastos degradados. Podemos mudar a realidade da região para melhor”, completou.  

 

Fórum - Ao longo do dia, especialistas debateram o tema irrigação, em inúmeros aspectos. Realizado por Cocamar, Iapar, Emater e Seab, o evento contou com o apoio da Lindsay Brasil, Prefeitura de Paranavaí, Sociedade Rural do Noroeste do Paraná e Sociedade Civil de Paranavaí e Região. (Imprensa Cocamar)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn