cabecalho informe

SAÚDE II: Curitiba divulga casos retroativos e Saúde atualiza dados da Covid no Paraná

saude II 08 03 2021 A Secretaria de Estado da Saúde identificou neste domingo (07/03) 2.243 novos casos confirmados e 18 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Revisão - Também foi realizada uma nova revisão nos diagnósticos e óbitos causados pela Covid-19 neste final de semana e foram incluídos 42.724 casos retroativos notificados pelos municípios, sendo que 39.910 ocorreram em Curitiba, cerca de 93% do total, e os outros 2.814 em outras 301 cidades.

Inclusão - Com isso, o boletim deste domingo inclui 44.967 casos e 240 mortes. Com os ajustes, os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 720.971 casos confirmados e 12.486 mortos em decorrência da doença.

Vacina - O Paraná já aplicou 494.854 doses, sendo 376.309 da primeira dose e 118.545 da segunda contra a Covid-19 até o final da manhã de sexta-feira (05/03). Portanto, 376.309 paranaenses já foram vacinados. Ao todo, o Estado recebeu 853 mil doses de vacinas contra a Covid-19 do Governo Federal.

Confira os números da vacinação

Internados - 2.248 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.962 pacientes em leitos SUS (816 em UTI e 1.146 em leitos clínicos/enfermaria) e 286 em leitos da rede particular (116 em UTI e 170 em leitos clínicos/enfermaria).

Exames - Há outros 2.124 pacientes internados, 765 em leitos UTI e 1.359 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos da rede pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Óbitos - A secretaria estadual informa a morte de mais 240 pacientes. São 125 mulheres e 115 homens, com idades que variam de 15 a 105 anos. Metade destes óbitos ocorreram em 2020 e os demais entre 3 de janeiro a 7 de março de 2021.

Municípios - Os pacientes que foram a óbito residiam em: Curitiba (177), Cascavel (6), Maringá (5), Colombo (4), Paranaguá (4), Pinhais (4), Campo Largo (3), Coronel Vivida (3), Foz do Iguaçu (2), Sarandi (2) e Telêmaco Borba (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Almirante Tamandaré, Apucarana, Arapoti, Carambeí, Catanduvas, Cerro Azul, Clevelândia, Diamante do Sul, Fazenda Rio Grande, Guarapuava, Guaratuba, Jacarezinho, Jundiaí do Sul, Lapa, Loanda, Londrina, Mamborê, Mandirituba, Nova Esperança, Ortigueira, Ponta Grossa, Quitandinha, Santa Fé, Santa Tereza do Oeste, São José dos Pinhais, Sengés, Siqueira Campos e Wenceslau Braz.

Fora do Paraná - O monitoramento da Sesa 4.826 casos de residentes de fora, 105 pessoas foram a óbito.

Retroativos - Os 42.724 casos retroativos foram diagnosticados entre 7 de maio de 2020 e 5 de março de 2021. Também foram notificados 222 óbitos retroativos, 177 deles em Curitiba, confirmados desde 22 de junho até o último dia 5 de março. Os dados já estão disponíveis no Informe Epidemiológico divulgado neste domingo (07/03).

Curitiba - Os maiores dados foram repassados pela Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba para inclusão no Notifica Covid-19, após a Secretaria de Estado identificar uma defasagem. Esse é o sistema utilizado pelo Estado e por todos os municípios paranaenses, com exceção da Capital, que usa um sistema próprio.

Meses - Os casos retroativos são de maio (22), junho (275), julho (1.197), agosto (951), setembro (763), outubro (2.711), novembro (8.760), e dezembro (11.190) de 2020, e janeiro (11.565), fevereiro (4.024) e março de 2021 (1.266). Já os óbitos foram confirmados em junho (1), julho (7), agosto (8), setembro (8), outubro (5), novembro (19) e dezembro (72) de 2020, e janeiro (61), fevereiro (29) e março de 2021 (12).

Alinhamento - A inclusão dos dados da Capital é resultado do alinhamento de informações entre a Secretaria de Estado da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba e o Ministério Público do Paraná, que solicitou ao município que passe a utilizar o sistema Notifica Covid-19 para informar os dados, assim como as outras 398 cidades paranaenses fazem desde o início da pandemia.

Continuidade - De acordo com a pasta estadual, o processo de inclusão de dados no sistema continuará a ser realizado até eliminar as discrepâncias nos números de casos e óbitos nos informes de Curitiba e do Paraná. Porém, é imprescindível o repasse periódico pelo município, já que os números do Estado abastecem o sistema do Ministério da Saúde e servem de base para o consórcio de veículos de imprensa que divulga informações sobre a pandemia. (Agência de Notícias do Paraná)

Confira o informe completo 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias