cabecalho informe

COCAMAR I: Cooperativa participa do VII Simpósio ILPF do Estado de SP

cocamar I 21 09 2021Representada pelo gerente técnico Emerson Nunes, responsável pelo programa de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), áreas de renovação sustentável e diversificação de negócios, a Cocamar participou na quarta e quinta-feira da última semana (dias 15 e 16/09) do VII Simpósio ILPF do Estado de São Paulo, promovido em formato virtual.

Especialistas - A promoção foi da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), por meio do Grupo de Estudos Luiz de Queiroz (Gelq) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), reunindo especialistas que trataram de vários temas em dois módulos, tendo como público-alvo profissionais da área, pesquisadores, estudantes, produtores e empresas.

Papel do técnico - O gerente técnico da cooperativa foi um dos palestrantes no segundo módulo, no dia 16, em que discorreu sobre o papel do técnico no sistema ILPF.

Fundamental - “O engenheiro agrônomo tem o papel fundamental em levar o conhecimento técnico, resultado da pesquisa e da ciência, ao produtor rural, realizando todo o planejamento quando se pretende fazer a implementação do sistema”, afirma Nunes, salientando que o programa de intensificação sustentável precisa ser conduzido com critérios.

Assistência contínua - “Sem a orientação e o acompanhamento especializados, as chances de insucesso são grandes”, adverte. Ao longo de mais de 20 anos, a experiência da Cocamar nesta área demonstra que os casos bem-sucedidos e que estão no processo há muito tempo, contaram com a assistência técnica contínua prestada pela cooperativa na propriedade. E deixa claro: “É muito importante a incorporação dos resultados da pesquisa, ao longo dos anos, para que esse processo tenha efetividade”.

Dia 15 - No primeiro módulo foram abordados “Indicadores de saúde do solo em ILPF”, com o especialista George Brown, da Embrapa Florestas; “Biodiversidade de controle biológico em ILPF (a cargo de Raphael de Campos Castilho, da Esalq/USP; “Pecuária de baixo carbono” (Roberto Giolo, Embrapa Gado de Corte); Novos mercados para ILPF (Rafael Vivian, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia) e uma mesa redonda coordenada por Alberto C. de Campos Bernardi (Embrapa Pecuária Sudeste).

Dia 16 - O segundo módulo contemplou “Efeito poupa terra por meio de adoção de ILPF” (Geraldo Bueno Martha Jr, Embrapa Informática); “Sistema Antecipe” (Décio Karam, Embrapa Milho e Sorgo); “ILPF: da ciência à prática, visão do pesquisador e produtor (Abílio R. Pacheco, Embrapa Florestas); “O papel do técnico no sistema ILPF” (Emerson da Silva Nunes, Cocamar); “Fazenda Santa Silvéria: ILP aplicada à produção animal (Fúlvio Domeneck, Fazenda Santa Silvéria) e mesa redonda sob a coordenação de José Ricardo Pezzopane (Embrapa Pecuária Sudeste). (Imprensa Cocamar)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias