Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COCAMAR: Cooperativa participa de programa que avalia qualidade do solo

 

 

cabecalho informe

COCAMAR: Cooperativa participa de programa que avalia qualidade do solo

Avaliar a saúde e a preservação de diferentes tipos de solo em propriedades de produtores cooperados. Com esse objetivo, a Cocamar e a Embrapa Soja de Londrina deram início na sexta-feira (01/10) a um programa que vai se estender por todo o ciclo da safra de verão 2021/22 – ora em fase de semeadura – e terá a duração de três anos.

Parcerias - A iniciativa conta com a parceria da Itaipu Binacional e de outras três cooperativas que atuam no centro-norte e oeste do Paraná. O trabalho será realizado em seis polos regionais, distribuídos nas bacias dos rios Ivaí e Piquiri, sendo três deles em áreas atendidas pela Cocamar.

Embrapa - Os trabalhos estão sendo conduzidos pela equipe de Manejo de Solos da Embrapa, liderada pelos especialistas Júlio Franchini e Henrique Debiasi, com o apoio do corpo técnico das cooperativas.

Pioneiras - A metodologia do programa foi desenvolvida em parceria pela Cocamar e Embrapa, a partir da experiência acumulada em levantamentos anteriores realizados por duas safras consecutivas em 49 propriedades de cooperados da Cocamar.

Modelos - Em cada polo regional são selecionados 5 modelos de sistemas de produção representativos que são avaliados levando em consideração um conjunto de parâmetros relacionados ao solo e a cultura, tais como: taxa de infiltração, quantidade e cobertura de solo com palha, qualidade da estrutura do solo, atividade enzimática do solo, nematóides, plantas daninhas, índices vegetativos da soja obtidos por drones e avaliação do sistema de terraceamento.

Resultados - Os parâmetros vão ser analisados em conjunto e permitem identificar fatores positivos e negativos em cada sistema, dando orientação para indicar melhorias aos cooperados. Os resultados serão apresentados em reuniões regionais com o objetivo de identificar, juntamente com os produtores, oportunidades de aumentar a produtividade e sustentabilidade do sistema de produção.

Manejo sustentável - Conforme explica o gerente técnico da Cocamar, Rafael Furlanetto, a ideia é a partir de um diagnóstico a ser elaborado com as informações obtidas, promover eventos para orientar os produtores sobre o manejo sustentável do solo. “A Cocamar sempre teve muita preocupação com a saúde do solo”, afirma, citando ser este um tema recorrente nas realizações técnicas envolvendo os cooperados.

Melhoria - Para Franchini e Debiasi, o programa tem demonstrado que o uso de sistemas de produção mais diversificados, com a utilização de espécies recuperadoras como a braquiária, contribui para a melhoria da qualidade do solo, o que se reverte em maior produtividade e rentabilidade para o produtor e menor impacto para o ambiente.

Estratégico - Para a Itaipu, o programa é estratégico. Nas propriedades onde a conservação do solo e da água deixam a desejar, as enxurradas das chuvas acabam carregando sedimentos para os rios que desaguam na represa da binacional, podendo, com o passar do tempo, promover o assoreamento e reduzir sua vida útil. (Imprensa Cocamar)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias