Ministra da Agricultura diz que continuará negociando novo protocolo com autoridades sanitárias chinesas


A China anunciou a retomada das importações de carne bovina do Brasil que estavam suspensas desde 3 de junho, devido à notificação de caso atípico de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como doença da vaca louca, detectado no estado de Mato Grosso. A China é o único país, entre os importadores do Brasil, que tem protocolo sanitário que exige a suspensão temporária das importações de carne quando detectado caso atípico da doença.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, tomou conhecimento da notícia na madrugada de 13/06. Em vídeo publicado nas redes sociais, ela voltou a dizer que continuará negociando um novo protocolo com as autoridades sanitárias chinesas.

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) encerrou, no último dia 3, o pedido de informações complementares do Brasil sobre o caso e concluiu não haver risco sanitário. As exportações de carne bovina continuaram normalmente para os demais países.

As informações são da Agência Brasil

baixar icon
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn