cabecalho informe

ENCONTROS DE NÚCLEOS I: Mais de 120 cooperativistas do Oeste prestigiam evento em Palotina

Representantes de 18 cooperativas paranaenses dos ramos agropecuário, crédito, saúde, transporte e infraestrutura, somando 121 cooperativistas, compareceram à Universidade Corporativa C.Vale, em Palotina, no Oeste do Paraná, na manhã desta quarta-feira (17/05), para prestigiar o Encontro de Núcleos promovido pelo Sistema Ocepar. Foi a segunda reunião da primeira rodada de 2017 dos Encontros. A primeira ocorreu nesta terça-feira (16/05), em Capanema, no Sudoeste do Estado, com 95 participantes. Nesta quinta (18/05), será a vez de Ubiratã, no Noroeste, receber o evento. O último, na sexta-feira (19/05), ocorre em Guarapuava, na região Centro-Sul.    

Cerpa – A Cerpa (Cooperativa de Infraestrutura e Eletrificação Rural de Palotina) foi a anfitriã da reunião realizada nesta quarta-feira. No evento, o presidente Mércio Francisco Paludo fez uma apresentação sobre a cooperativa, que possui cerca de 2.100 associados nos municípios de Palotina, Assis Chateaubriand e Maripá, localizados na região Oeste do Paraná. A Cerpa também presta serviços como concessionária à Copel (Companhia Paranaense de Energia Elétrica). Ela realiza serviços em instalações elétricas, manutenção de redes e licitações públicas. Em entrevista ao Informe PR Cooperativo, Paludo disse que, em três anos, a cooperativa já consegui cumprir as metas estabelecidas pela Cerpa em seu plano de ações e que integram o PRC 100, planejamento estratégico do cooperativismo paranaense. “Após caminhar com algumas dificuldades, agora estamos fazendo a retomada do nosso crescimento. Neste ano estamos investindo praticamente R$ 2 milhões, valor que representa 20% do patrimônio líquido da cooperativa. Isso faz com que a Cerpa cresça e nós ocupamos nosso espaço para melhor atender ao nosso associado, que é o mais importante”, afirmou. 

Ramo infraestrutura - Paludo destacou a importância do ramo infraestrutura dentro do cooperativismo. “O setor depende muito de regulamentação, por meio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). E nós sabemos que tudo que é público é lento, sendo que o setor empresarial é dinâmico, então, há sempre uma certa dificuldade. Mas hoje o ramo infraestrutura é o quarto no cooperativismo em número de associados no Brasil. Na região Sul do país, é o que possui mais cooperativas atuando no segmento”. Segundo dados da Gerência de Autogestão do Sescoop/PR, o ramo infraestrutura, no Paraná, é formado por nove cooperativas, que congregam mais de 9 mil cooperados, geram cerca de 300 empregos diretos, com um faturamento, em 2016, de R$ 120 milhões.

Honra - O presidente da Cerpa afirmou ainda que a cooperativa se sentiu honrada em ter sido anfitriã do Encontro de Núcleo. “A Cerpa está passando por um momento de transformação e é importante mostrar aquilo que estamos fazendo para que as pessoas possam usufruir de algumas coisas no aprendizado do dia a dia. Além disso, convivendo com todas as cooperativas, a gente consegue evoluir em nosso conhecimento também. Para nós, é um orgulho muito grande receber os diretores da Ocepar e as cooperativas da região. A cooperativa se sente bastante honrada com isso”, frisou Paludo.  

Integração – O presidente da Unimed Toledo, Hiroshi Nishitani, disse que faz questão de acompanhar os Encontros de Núcleos. Foi a quarta participação dele no evento. “Já na primeira reunião, eu descobri a grande importância que o evento possui pois nós nos integramos com cooperativas do setor agrícola, do crédito, entre outras. Além de debatermos os problemas comuns que nós temos, há uma troca de conhecimentos que é fantástica e muito rica”, disse. “Agora, não consigo perder nem um encontro pois todas as vezes que eu participei, aprendi alguma coisa. A ideia do Prodecoop Saúde (programa que visa viabilizar recursos para investimentos ao ramo saúde) nasceu em um Encontro com este. Na época, eu questionei o então presidente da Ocepar, João Paulo Koslovski, se não haveria a possibilidade de criar algo para a saúde, quando estávamos discutindo o Prodecoop que já existe para o ramo agropecuário. A proposta do Prodecoop Saúde foi elaborada e espero que ela se transforme em realidade”, completou.

Proximidade – Na avaliação do presidente da Sicredi Vale do Piquiri ABCD PR/SP, Jaime Basso, os Encontros de Núcleos Cooperativos são importantes por promover maior proximidade entre as cooperativas. “Estar próximo à diretoria da Ocepar, estar próximo às cooperativas, levando as informações, buscando sempre o alinhamento com todas as cooperativas do Estado do Paraná, é de fundamental importância. Acredito que o cooperativismo é único, mesmo tendo vários ramos, com diferentes atividades que as cooperativas desenvolvem, mas todas seguem um mesmo princípio. Então, quanto mais as cooperativas estiverem unidas, quanto mais estiverem alinhadas com o que está acontecendo no cooperativismo no Paraná, no Brasil e no mundo, será melhor para todos. Essa atitude de realizar as reuniões de Núcleo da Ocepar é louvável e eu acredito que deve ser fortalecida cada vez mais e, felizmente, nós temos uma adesão muito grande por parte das cooperativas do Oeste do Estado. É dessa maneira que vamos engrandecer o cooperativismo do Paraná e quem ganha com isso é toda a comunidade, toda a sociedade”, acrescentou.  

Momento propício – Para o presidente da C.Vale e coordenador do Núcleo Oeste, Alfredo Lang, o momento é bastante propício para reunir as cooperativas diante de tantos assuntos de interesse do cooperativismo paranaense. “Esses encontros promovidos pela Ocepar sempre são uma oportunidade de nos atualizarmos sobre as ações realizadas pelo sistema na defesa dos interesses do setor e hoje temos em andamento muitas mudanças a nível federal, como a reforma nas leis trabalhistas, previdência e também a questão do Funrural. Com certeza, todos que aqui vieram hoje sairão mais informados do que chegaram”, sublinhou.

Atividades – As atividades dos Encontros de Núcleos Cooperativos são conduzidas pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, com apoio dos superintendentes Robson Mafioletti e Leonardo Boesche. Acompanham também as reuniões, o coordenador de Comunicação Social, Samuel Milléo Filho, analista técnico especializado da Gerência Técnica e Econômica, Rogério Croscato e assessor jurídico da Fecoopar, Graziel Pedrozo de Abreu.

Programação – A programação dos eventos contempla a participação do ex-reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Zaki Akel Sobrinho, que ministra palestra com o tema “Conjuntura econômica atual e as ferramentas de marketing eficazes para a retomada do desenvolvimento”. Também estão ocorrendo debates sobre o PRC 100, o plano de ações do cooperativismo paranaense, com enfoque para a implantação dos projetos estratégicos. Tradicionalmente, as cooperativas anfitriãs realizam uma apresentação sobre as atividades que desenvolvem e os resultados alcançados. Em Palotina, houve ainda a presença do assessor econômico da Secretaria de Estado da Fazenda, Francisco Assis Inocêncio, que ministrou palestra sobre o Programa Paraná Competitivo e o Corredor de Exportações Oeste. 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias