cabecalho informe

INSTITUTO SICOOB: Professores discutem inovação na educação durante o 4º Encontro Cooperjovem

 

Cerca de 500 professores, autoridades e convidados de todo o estado do Paraná se reuniram na última sexta feira (06/10), no Teatro Marista de Maringá (PR), para a quarta edição do Encontro Cooperjovem.

Debates - Durante o evento, que teve como tema “Novos olhares reconstroem o conhecimento”, palestrantes convidados debateram sobre as diversas inovações na educação e o papel do professor como agente de transformação dentro e fora das salas de aula. Participaram o antropólogo e educador Tião Rocha, o fundador do instituto Gerando Falcões, Eduardo Lyra, a jornalista Tatiana Klix e a mestre em história, Márcia Padilha.

Transformação - “Reunir tantas pessoas em um mesmo espaço para discutir sobre a renovação do ensino é poder sair do imaginário e fazer acontecer. É lembrar o professor que ele é a primeira ferramenta de transformação que existe”, ressalta Eduardo Lyra.

Plural - Para o educador Tião Rocha, a educação é algo que só existe no plural. “O grande papel do educador é ser convocador e fazer com que as pessoas tenham um olhar diferenciado. Essa oportunidade de trazer tantos professores do estado paranaense para pensar e discutir sobre o seu papel estratégico dentro da sociedade é de fato maravilhosa e única”, enfatiza Rocha.

Premiação - O encontro também foi palco para a premiação do Prêmio PEC, Projeto Educacional Cooperativo que integra o Programa Cooperjovem. Foram 58 projetos inscritos, 6 selecionados e 3 premiados. São eles: “Família unida, escola mais colorida” – Escola Municipal José Salles de Carlópolis/PR; “Interação entre as escolas Ethanil e Novo Horizonte” – Escola Municipal Professor Ethanil Bento Assis de Campo Mourão/PR e “Mutirão cooperativo: Para brincar, basta criar” - Escola Municipal Orlando Luiz Basei de Toledo/PR.

Valorização - Promovido pelo Instituto Sicoob, Sicoob e Sescoop/PR, o encontro tem como intuito valorizar o papel do professor no desenvolvimento das comunidades, disseminar o cooperativismo por meio da educação e premiar ações dos envolvidos no projeto. "O nosso papel é de valorizar e impulsionar o professor que atua na prosperidade das nossas comunidades, algo que pregamos na missão do Sistema Sicoob Unicoob, por meio do cooperativismo de crédito", explicou o presidente do Instituto Sicoob, George Hiraiwa.

O Cooperjovem - O programa Cooperjovem tem como objetivo fomentar o cooperativismo por meio da educação nas escolas. Este objetivo é alcançado com a inserção de uma proposta educacional, baseada na relação ensino-aprendizagem, construída a partir dos princípios, valores e práticas da cooperação, que embasam a doutrina do cooperativismo. O professor recebe uma formação em cooperativismo e material de suporte para trabalhar como tema cooperação nas diversas disciplinas da grade curricular.

Integração e confiança - Ao estabelecer um diálogo entre educador e educando, a proposta facilita a integração e cria um clima de confiança, respeito e cooperação, ou seja, a escola torna-se uma extensão da família. "Acreditamos que os professores são os grandes advogados destes princípios em sala de aula e contribuem para a propagação de seus princípios pelas comunidades e, consequentemente, seu desenvolvimento sustentável", destaca a gestora do Instituto Sicoob, Emanuelle Soares. (Imprensa Sicoob Unicoob) 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias