Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias ENCONTROS DE NÚCLEOS I: Segunda rodada de 2017 é finalizada totalizando 335 participantes

 

 

cabecalho informe

ENCONTROS DE NÚCLEOS I: Segunda rodada de 2017 é finalizada totalizando 335 participantes

Cerca de 335 lideranças cooperativistas participaram das quatro reuniões da segunda rodada dos Encontros de Núcleos Cooperativos de 2017 realizada nesta semana pelo Sistema Ocepar. O último evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (19/10), em Toledo, Oeste do Estado, com 90 representantes de cooperativas dos ramos agropecuário, crédito, saúde, transporte, infraestrutura e trabalho. Na segunda-feira (16/10), 60 cooperativistas do Centro-Sul participaram do Encontro, em Palmeira; na terça-feira (17/10), Campo Mourão sediou os debates, com a presença de 100 lideranças no Norte e Noroeste e, na quarta-feira (18/10), 85 cooperativistas do Sudoeste estiveram em São João para participar do evento.

Abertura - Em Toledo, o Encontro foi aberto pelo coordenador do Núcleo Oeste e presidente da C.Vale, Alfredo Lang. Em seguida, houve o pronunciamento do presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken. Também participaram da abertura, os anfitriões do evento, Ilmo Werle Welter, presidente da Primato, e Círio Kunzler, presidente do Sicredi Progresso, além dos diretores da Ocepar, Jaime Basso, Ricardo Chapla e Dilvo Grolli. Estiveram ainda presentes os conselheiros fiscais do Sescoop/PR, Urbano Frey e James Fernando de Morais.

Funrural – O presidente do Sistema Ocepar destacou em sua fala o atual momento que o país atravessa. De acordo com ele, esse foi um dos temas mais discutidos na abertura do Congresso Empresarial Paranaense e da Convenção Anual da Faciap, ocorrida na noite de quarta-feira, em Foz do Iguaçu, e que contou com sua participação. “Nunca vivenciamos uma situação tão complexa e com tanto conflito”, disse. “O Funrural, por exemplo, é um assunto indefinido, com risco para todo mundo, e que conta com o envolvimento do poder judiciário, legislativo e executivo. O certo é que teremos que ter cautela. O prazo de adesão ao programa que possibilita parcelar os débitos do Funrural foi prorrogado até o final de novembro. Então, até lá não tem muito o que fazer e esperamos que o Superior Tribunal Federal se manifeste sobre essa situação. Queremos ter uma posição mais racional em relação a esse assunto”, afirmou.

 Manifesto – Ricken também falou sobre o manifesto que será entregue ao governador Beto Richa, na tarde desta quinta-feira (19/10), em Assis Chateaubriand. “Nós estamos solicitando o apoio do Governo do Estado junto ao Ministério da Agricultura para que seja antecipada de 2023 para 2020 a condição do Paraná ser considerado como uma área livre de aftosa sem vacinação. Não temos comprovadamente a presença do vírus que provoca a doença. Mas a OIE (Organização Mundial de Sanidade Animal) exige um protocolo rigoroso. Então, estamos propondo que a última vacinação ocorra em novembro do ano que vem. Daí, teremos que ter um prazo para que sejam realizadas as vistorias da OIE para que em 2020, no máximo em 2021, o Estado seja reconhecido internacionalmente como área livre de aftosa, sem vacinação”, explicou. “Se isso não se concretizar, dificilmente vamos viabilizar as exportações, principalmente de suínos, para os países que remuneram mais. As cooperativas estão bancando uma parte dos investimentos para que isso se realize, no sentido de que o Paraná consiga concluir a implantação das unidades de fiscalização em todo o Estado. Não é um processo simples, mas temos que nos organizar”, complementou.

Programação – Em todas reuniões dos Encontros de Núcleos Cooperativos houve ainda a participação dos superintendentes da Ocepar, Robson Mafioletti, e do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, que apresentaram detalhes das ações que estão sendo desenvolvidas pelo sistema em prol do cooperativismo paranaense, entre os quais o PRC 100, o planejamento estratégico do setor. O gerente da Fecoopar, Anderson Lechechem, tratou sobre as negociações salariais e mudanças na reforma trabalhista. Já o analista técnico especializado tributário da Gerência Técnica e Econômica da Ocepar, Rogério Croscato, falou sobre as últimas decisões na área de tributos, como o Funrural, entre outras medidas. O coordenador de Comunicação Social, Samuel Milléo Filho, e o diretor-presidente do Instituto Datacenso, Cláudio Shimoyama, realizaram a apresentação da pesquisa sobre a percepção do paranaense em relação ao cooperativismo e suas marcas.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias