Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias BNDES: Desembolsos caem 26% no 1º trimestre, para R$ 11,153 bilhões

 

 

cabecalho informe

BNDES: Desembolsos caem 26% no 1º trimestre, para R$ 11,153 bilhões

 

bndes 25 04 2018 Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) caíram 26% no primeiro trimestre deste ano, ante igual período do ano passado, para R$ 11,153 bilhões. As informações foram anunciadas na tarde desta terça-feira (24/04) pelo banco.

 

Março - Mesmo com o recuo no trimestre, o banco detalhou que, em março, desembolsou R$ 4,3 bilhões, aumento de 47% frente ao mês anterior, e melhor resultado mensal no ano. Porém, em relação a março de 2017 (R$ 15,510 bilhões), as liberações de crédito em março deste ano (R$ 11,172 bilhões) caíram 27,9%. Para meses de março, foi o mais baixo patamar de desembolsos desde 2000 (R$ 10,639 bilhões).

 

Consultas - Segundo o banco, as consultas -- primeiro passo para pedido de empréstimo junto ao banco -- mostraram queda de 36% no primeiro trimestre, para R$ R$ 13,436 bilhões. As aprovações de crédito, por sua vez, subiram 11% no primeiro trimestre, para R$ 16,002 bilhões. Já os enquadramentos para empréstimo mostraram retração 37% nos primeiros três meses do ano, para R$ 11,980 bilhões.

 

Por setor - Os desembolsos para a indústria do BNDES caíram 44% no primeiro trimestre deste ano, ante igual período no ano passado, para R$ 1,769 bilhão. As consultas de empréstimo para a indústria -- primeiro passo para pedido de crédito junto ao banco -- também caíram 22% no primeiro trimestre, para R$ 2,364 bilhões.

 

Indústria - O BNDES detalhou ainda que, no setor industrial, houve recuo de 24% nos enquadramentos para empréstimo, no primeiro trimestre, para R$ 1,984 bilhão; e queda de 45% nas aprovações de empréstimo, no período, que totalizaram R$ 1,910 bilhão.

 

Infraestrutura - O setor industrial não foi o único a apresentar cenário negativo no primeiro trimestre. Houve recuo de 20% nos desembolsos para a infraestrutura no primeiro trimestre, para R$ 4,045 bilhões; e retração de 44% nas consultas para o mesmo setor, nos primeiros três meses do ano, para R$ 5,075 bilhões. No caso dos enquadramentos e aprovações de empréstimo, o BNDES informou que houve queda de 47% e aumento de 46% no primeiro trimestre ante igual período no ano passado, para R$ 4,568 bilhões e R$ 6,604 bilhões respectivamente.

 

Agropecuária - No setor agropecuário, os desembolsos caíram 19% no primeiro trimestre, para R$ 2,718 bilhões; e as consultas recuaram 10%, para R$ 3,179 bilhões. As aprovações também caíram 11%, para R$ 3,002 bilhões, e os enquadramentos tiveram queda de 11%, para R$ 3,179 bilhões no primeiro trimestre.

 

Comércio e serviços - Já o setor de comércio e serviços mostrou queda de 26% nos desembolsos no primeiro trimestre, para R$ 2,622 bilhões. As consultas tiveram queda de 46%, para R$ 2,818 bilhões. Neste segmento, as aprovações tiveram alta de 48%, para R$ 4,485 bilhões, mas os enquadramentos caíram 46%, para R$ 2,818 bilhões.

 

BNDES Giro e Finame - O banco detalhou ainda que os desembolsos BNDES Giro, linha de capital de giro de crédito do banco, mostrou recuo de 27% no primeiro trimestre, para R$ 1,283 bilhão. Já o BNDES Finame, voltada para compra de máquinas e equipamentos, teve recuo de 14% no primeiro trimestre, para R$ 3,496 bilhões. (Valor Econômico)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias