Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias UNIMED MARINGÁ: Promovida capacitação para atendentes da saúde

 

 

cabecalho informe

Erro
  • Erro ao carregar componente: com_attachments, 1
  • Erro ao carregar componente: com_attachments, 1
  • Erro ao carregar componente: com_attachments, 1

UNIMED MARINGÁ: Promovida capacitação para atendentes da saúde

 

unimed maringa 11 06 2018O atendimento em uma clínica ou hospital exige competências específicas. Para capacitar recepcionistas desses estabelecimentos, a Unimed Maringá promoveu uma palestra para cerca de cem participantes. O encontro aconteceu na sede da Sociedade Médica de Maringá, na última quarta-feira (06/06). 

 

Palestra - A palestra foi ministrada pela especialista em administração de Recursos Humanos, Nicéia Cândida Henrichsen, que atua há 26 anos na área organizacional. Segundo ela, todo atendimento exige empatia, mas mais do que isso, quem atua na área da saúde precisa oferecer um atendimento humano, ser acolhedor e saber lidar com as fragilidades do outro. "Quem vai a um consultório, muitas vezes chega com dor, preocupado e estressado, por isso, o atendimento precisa ser sensível a esse contexto", explica. 

 

Motivação - Nicéia reforçou também a importância da motivação do atendente desses estabelecimentos médicos, e destacou algumas ações que podem contribuir com o bom atendimento: chamar o paciente pelo nome, pegar o paciente pelas mãos, principalmente os idosos, e saber ouvir são algumas ações importantes.

 

Carga emocional - Atuando há 35 anos na área da saúde, Sílvia Alcântara, sabe bem que cada paciente traz uma enorme carga emocional, por isso, sempre que pode participa de capacitações para estar preparada para lidar com situações diversas. “Nenhum dia é igual ao outro em um consultório médico e por mais que pareça uma atividades simples, não é fácil lidar com a parte emocional das pessoas, afinal, elas estão ali para cuidar do que tem de mais precioso: suas vidas”, diz. 

 

Sustentabilidade - Para a coordenadora de recepção, Érica Maria Barros, que tem cerca de oito anos de experiência na área, mais do que empático e acolhedor, um bom atendimento é fundamental para a sustentabilidade da clínica ou hospital. “Atuando em um estabelecimento que preza pelo bom relacionamento com os clientes/pacientes, o próprio profissional se beneficia, pois mantém sua empregabilidade e contribui para criar um ambiente saudável para trabalhar”. (Imprensa Unimed Maringá)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias