Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias TRT-PR: Seminário em Foz do Iguaçu promove debates sobre contratos de aprendizagem

 

 

cabecalho informe

TRT-PR: Seminário em Foz do Iguaçu promove debates sobre contratos de aprendizagem

 

Realizado durante os dias 30 e 31 de agosto, o seminário “Aprendizagem: Fonte de benefício mútuo entre empresário e aprendiz” reuniu, na cidade de Foz do Iguaçu, representantes de órgãos públicos, dentre eles o ministro João Batista Brito Pereira, presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), e a ministra Kátia Magalhães Arruda, também do TST, além de representantes de entidades privadas. O objetivo era debater a importância social dos contratos de aprendizagem, as dificuldades na sua implementação e, de outro lado, a construção de soluções efetivas.

Promoção - O evento foi promovido pelo TRT do Paraná, por intermédio do Programa Regional de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem (PCTIR), em parceria com a Associação dos Magistrados Trabalhistas da Nona Região (Amatra IX), a Escola Judicial e com apoio da Itaipu Binacional.

Diretrizes e ações- Ao longo do encontro, que aconteceu na Usina Hidrelétrica de Itaipu, os participantes puderam estabelecer diretrizes e discutir ações voltadas a disseminar a aprendizagem como instrumento de combate ao trabalho infantil, de garantia de inclusão social, educacional e profissional do adolescente, em especial nas áreas rurais.

Programação - Foram dois dias destinados a palestras, mesas de debate, demonstração de cases e de atos culturais. A programação foi idealizada a partir de dificuldades apresentadas pelos empresários rurais na implementação da aprendizagem, bem como de soluções possíveis e de vantagens na contratação de aprendizes, como a possibilidade de formação de mão de obra qualificada e, ao mesmo tempo, de educação para o trabalho, primeiro emprego e inclusão social dos adolescentes.

Participantes - Além do empresariado rural, o encontro recebeu membros de instituições do Sistema "S", dirigentes e integrantes de órgãos públicos e entidades privadas que atuam no estímulo à aprendizagem.

Fomento à aprendizagem- As anfitriãs do evento, desembargadora Marlene Teresinha Fuverki Suguimatsu, presidente do TRT do Paraná, e desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão, gestora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem (PCTIR) no Paraná, ressaltaram a importância do fomento à aprendizagem como eficiente alternativa para a implementação de medidas que viabilizam a concretização do 5º Princípio do Pacto Global das Nações Unidas: a abolição efetiva do trabalho infantil.

Signatário - O TRT-PR é signatário do Pacto Global desde o mês de março de 2018, um movimento que visa a mobilizar instituições ao redor do mundo para a adoção de valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Programa- O Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem (PCTIR) foi instituído no âmbito da Justiça do Trabalho pelo Ato nº 419/2013 do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), com o objetivo de desenvolver, em caráter permanente, ações em prol da erradicação do trabalho infantil no Brasil e da adequada profissionalização do adolescente.

Presenças- Estavam presentes no evento, além dos ministros do TST João Batista Brito Pereira e Kátia Magalhães Arruda, o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Marcos Vitorio Stamm, o desembargador e corregedor-geral de Justiça do Paraná, Rogério Luís Nielsen Kanayama, o secretário Paulo César Rossi, representando a governadora do Estado do Paraná, o presidente da Faep e da Senar, Ágide Meneguette, o presidente do sistema Ocepar, José Roberto Ricken, e o membro do comitê brasileiro do Pacto Global das Nações Unidas e presidente do ISAE, Norman de Paula Arruda Filho. (Assessoria de Comunicação do TRT-PR)

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias