cabecalho informe

COOPAVEL I: Argentinos buscam subsídios de olho em futuras parcerias

Uma comitiva argentina das regiões de Missiones e Corrientes esteve em Cascavel (PR) nesta semana para conhecer o que o município tem de melhor nas áreas do empreendedorismo, indústria e turismo. Empresários, professores e autoridades de cidades do país vizinho foram recebidos na prefeitura, associação comercial, indústrias e instituições de ensino. Eles também estiveram com diretores da Coopavel e coordenadores do Show Rural Coopavel.

Informações - Em recepção liderada pelo presidente Dilvo Grolli, os argentinos puderam conhecer mais sobre uma das maiores cooperativas agroindustriais do Paraná. Dilvo informou sobre as áreas de insumos, recebimento de grãos e carnes. Ele destacou o papel da agroindústria, com menção ao moinho de trigo, indústria de óleo, de farelo de soja, fertilizantes, indústria de sementes e fábrica de rações.

Diversificação - “Um dos papéis centrais da cooperativa é o de incentivar a diversificação nas propriedades para que os produtores tenham mais renda e qualidade de vida”, ressaltou Dilvo. O presidente respondeu a questionamentos e apresentou uma leitura atualizada do mercado mundial de grãos, ressaltando a participação das safras brasileira e argentina.

Convite - O coordenador-executivo do Show Rural Coopavel, Acir Palaoro, informou sobre a realização da 31ª edição de um dos maiores eventos do agronegócio mundial. “Vamos receber nesta área, de 4 a 8 de fevereiro de 2019, mais de 250 mil pessoas que têm interesse em conhecer avanços, tecnologias e resultados de pesquisas com a atribuição de potencializar ainda mais os números de uma das maiores indústrias mundiais”.

Escola a céu aberto - “O Show Rural Coopavel é uma escola a céu aberto, uma universidade do campo”, definiu o coordenador-geral do evento, Rogério Rizzardi. Esse, seguiu ele, é um ambiente focado em inovações e conhecimentos, um espaço dedicado ao compartilhamento para que todos possam, em suas propriedades, adotar medidas que elevem a qualidade e a produtividade do que é cultivado. “Na edição de fevereiro de 2019 serão 5,8 mil experimentos em apresentação e esperamos, a exemplo do que ocorre com outros países, receber comitivas também provenientes da Argentina”. (Imprensa Coopavel)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias