cabecalho informe

ENCONTRO ESTADUAL VI: Presidente da Coagro Sebaldo Waclawovsky e deputado Osmar Serraglio recebem o Troféu Ocepar

O diretor-presidente da Cooperativa Coagro, Sebaldo Waclawovsky, e o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), Osmar Serraglio, receberam o Troféu Ocepar, em reconhecimento aos relevantes trabalhos prestados ao cooperativismo paranaense. A entrega ocorreu no Encontro Estadual de Cooperativistas Paranaenses, na noite desta quinta-feira (06/12), em Curitiba.

Agradecimento - O troféu foi entregue a Sebaldo pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, e diretores da entidade. Ele agradeceu pela indicação e começou seu pronunciamento de forma bem-humorada. “Espero que não seja um aviso prévio, para lembrar que está na hora de eu ir embora”, brincou. O presidente da Coagro também falou sobre sua trajetória no cooperativismo. “Foram muitos desafios, algumas lutas inglórias, mas muitas vitórias”, disse e, fazendo referência ao escritor chileno Pablo Neruda, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, que em sua autobiografia disse “Confesso que vivi”, o presidente da cooperativa afirmou: “Confesso que sobrevivi, por isso hoje estou aqui”. “Na Coagro, nós adotamos algumas estratégias, que usamos como lema: ter ousadia, mas com prudência nos negócios. A melhor virtude do ser humano é a prudência. Pense duas vezes, em todos os sentidos, na vida e nos negócios. O importante é cresce devagar, mas sempre. As cooperativas bem administradas têm vida infinita”, frisou.

Sebaldo - Gaúcho de Venâncio Aires, Sebaldo foi para Capanema, no Sudoeste do Estado, em 1968, onde participou e incentivou o Projeto Iguaçu de Cooperativas, uma iniciativa da Ocepar que deu origem à Coagro. Tornou-se cooperado em 1972 e, desde o início de sua trajetória, já assumiu diversos cargos: Conselheiro Fiscal, diretor-secretário e agora é presidente por mais uma gestão.

Reformulação - No final da década de 1990, a Coagro passou por dificuldades financeiras e administrativas, que obrigaram o afastamento do presidente da época. Reconhecido por sua grande contribuição, Sebaldo, que havia sido o terceiro presidente da cooperativa, foi chamado novamente a ocupar a função, e iniciou-se um processo de reformulação total da cooperativa. A partir do ano 2000, a Coagro iniciou uma nova etapa de crescimento, sempre buscando promover todos os que fazem parte dela. Com mais de 40 anos dedicados ao cooperativismo, Sebaldo hoje pode ser reconhecido por ser estar à frente de uma cooperativa sólida e tradicional no ramo de cereais, insumos e mercado.

Serraglio - O deputado Osmar Serraglio também recebeu o Troféu Ocepar das mãos do presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, e deputados federais eleitos no último pleito. “Obrigado à Ocepar e à OCB por esta honraria”, disse. “Para mim, é uma alegria muito grande estar neste ambiente. Quero agradecer a cada um com quem tive o privilégio de compartilhar o ideal cooperativista, ideal que, com muito orgulho, me conduziu à presidência da Frencoop, por meio do qual nós conseguimos muitas conquistas para o setor”, afirmou. “Vocês não têm dimensão do orgulho com que recebo essa homenagem”.

Formação e trajetória - Atualmente no quinto mandato como deputado federal, Serraglio é advogado e professor universitário, mestre em Direito do Estado pela PUC-SP. Natural de Erechim (RS), presidiu a Associação dos Professores do Paraná, entre os anos de 1973 e1975, e foi vice-prefeito da cidade de Umuarama (PR), no período de 1993 a1996). Paranaense de coração, foi o primeiro representante do Estado a ocupar o cargo de Ministro da Justiça. Foi pioneiro também o ocupar a posição de primeiro secretário da Câmara dos Deputados, quando há mais de 50 anos nenhum parlamentar oriundo do Paraná preenchia a posição.

Causas do cooperativismo - Além de presidir a Frencoop no Congresso Nacional, é presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC), uma das mais importantes da Câmara dos Deputados. Em toda sua trajetória política, tem demonstrado um grande apreço pelo setor cooperativista, principalmente por sua atuação e defesa ativa das causas do cooperativismo, para que as cooperativas possam se desenvolver nos seus mais diferentes campos de atuação.

O Troféu - Instituído pela diretoria da Ocepar em julho de 1977, quando o presidente da entidade era Benjamin Hammerschmidt, o Troféu Ocepar é um prêmio que normalmente é entregue anualmente a duas personalidades de destaque dentro e fora do cooperativismo. Quando completou 40 anos de existência, em 2017, a diretoria solicitou que a obra recebesse uma nova releitura. Para tanto, foi escolhido o artista plástico Elvo Benito Damo para a missão. O novo olhar do autor ao Troféu Ocepar o tornou maior (23 cm de altura), fundido em bronze, com base em granito e com tons esverdeados do símbolo principal do Paraná: a araucária.

O artista plástico - Elvo Benito Damo é orientador do Ateliê Livre de Escultura da Fundação Cultural de Curitiba e desenvolve seu trabalho no Centro de Criatividade do Parque São Lourenço. Ele possui mais de 12 obras de artes expostas em praças públicas de Curitiba, entre elas o monumento do Centenário da Imigração Italiana, em Santa Felicidade, e o Cacique Tindiquera, com três metros de altura, localizado na Praça Tiradentes, no marco zero em frente à Catedral da capital paranaense. Premiado por diversas vezes em salões de arte nacionais e internacionais, Elvo foi representante brasileiro no V Salão Internacional da Pequena Escultura em Budapeste (Hungria), onde recebeu diploma de honra pelo conjunto das obras, além de ser o representante brasileiro na 2° Bienal Internacional de Óbidos em Portugal/Escultura Contemporânea.

Satisfação - Ele afirma que foi uma imensa satisfação ter sido escolhido para esta nova fase do Troféu Ocepar. “O artista deve sempre procurar representar o seu próprio habitat, e o pinheiro, indiscutivelmente, é o símbolo máximo do nosso estado. Me baseei na obra anterior e criei uma imagem forte, alta e próspera como são as próprias cooperativas paranaenses, sempre preocupadas com o bem-estar das pessoas e do meio ambiente”.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias