cabecalho informe

ENCONTRO ESTADUAL V: Senador eleito Oriovisto agradece apoio e garante que vai atuar em prol das demandas do cooperativismo

 

Convidado a falar em nome dos parlamentares eleitos com o apoio do cooperativismo paranaense, o professor Oriovisto Guimarães manifestou seu agradecimento ao setor. “A minha vinda aqui hoje é fundamentalmente para dizer ‘muito obrigado’ a cada um de vocês”, disse Guimarães, dirigindo-se aos cooperativistas presentes na cerimônia de abertura do Encontro Estadual de Cooperativistas Paranaenses, realizada na noite desta quinta-feira (06/12), no Teatro Positivo, em Curitiba.

 

Frencoop - Nas últimas eleições, a Ocepar lançou o programa de educação política parana.coop+10, visando incentivar o voto consciente em prol do fortalecimento da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop). O senador eleito Oriovisto Guimarães, assim como o deputado Pedro Lupion, também presente na cerimônia de abertura, integraram o grupo de candidatos apoiado pelo setor. “Farei tudo o que eu puder para ajudar as cooperativas do Paraná no Congresso Nacional. Peço que as demandas sejam levadas até mim, em Brasília, de forma clara e objetiva. E eu estarei lá para ajudar, com certeza”, afirmou

Cooperativismo- Em sua fala, o professor Oriovisto lembrou foi sua primeira vez numa disputa eleitoral e que no início da campanha tinha apenas 1% das intenções de voto. “Depois de visitar muitos municípios e dezenas de cooperativas, fiz muitos amigos e aprendi muito. Sobretudo, aprendi que o cooperativismo é algo lindo. Fiquei absolutamente maravilhado com o trabalho realizado no interior do Paraná. Fiz bons amigos e, em todas as ocasiões, garanti que se eleito desempenharia no Senado algumas funções e, uma delas, é ajudar o cooperativismo em tudo o que estiver ao meu alcance”, disse.

Diálogo – Segundo ele, para isso que isso aconteça irá buscar o diálogo com o setor, até mesmo para conhecer com mais profundidade o cooperativismo. “Como reitor da Universidade Positivo por 10 anos, aprendi uma coisa: a humildade intelectual é algo que se impõe hoje em dia. Qualquer um que tenha uma noção de ciência e de cultura, a primeira frase que tem que dizer ‘é que eu sei que nada sei, e quanto mais eu aprendo, mas que vejo que tenho muito mais a aprender’. Então, é com essa humildade e disposto a aprender muito com as cooperativas e com a sociedade brasileira, que eu quero ir para o Senado”, frisou.

Bandeiras – Além de defender o cooperativismo, o professor Oriovisto disse que suas bandeiras no Senado incluem o combate a corrupção e a aprovação das reformas da previdência, política e tributária. “Já estou conversando com o futuro ministro Sérgio Moro e na próxima terça-feira terei minha primeira reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Quero trabalhar por leis duras para a corrupção, pelas reformas, por um estado mais enxuto e com menos privilégios. Vamos ver se a gente consegue mudar um pouco a cara do nosso país para que s políticos sejam motivo de orgulho para o povo”, afirmou.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias