Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INFRAESTRUTURA I: Paraná fará a gestão da obra da segunda ponte entre Brasil e Paraguai

 

 

cabecalho informe

INFRAESTRUTURA I: Paraná fará a gestão da obra da segunda ponte entre Brasil e Paraguai

infraestrutura I 13 03 2019O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta terça-feira (12/03) que o Paraná vai fazer a gestão das obras de construção da segunda ponte entre Brasil e Paraguai, que será construída em Foz do Iguaçu. O anúncio foi feito após encontro com os presidentes Jair Bolsonaro e Mario Abdo Benítez, em Brasília.

Acordo - Segundo Ratinho Junior, os dois países fecharam um acordo para a realização da obra que irá desafogar o tráfego pesado que hoje utiliza a Ponte da Amizade para cruzar a fronteira. “O governo federal está delegando ao Paraná a gestão da obra”, afirmou o governador, ressaltando que a decisão foi dos dois presidentes, após pedido de delegação feito pelo Estado.

Oportunidade - “Depois de 53 anos, o Paraná vai ter a oportunidade de fazer a gestão dessa obra tão importante para o Estado e para o País, que é a segunda ponte ligando Brasil e Paraguai. Obra que vai integrar ainda mais os dois países e alavancar a nossa economia”, destacou o governador Ratinho Junior.

Parceria - “A decisão confirma a boa parceria entre o Paraná e o governo federal”, afirmou o secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, que acompanhou o governador no encontro na capital federal. A reunião também teve a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Projeto - O projeto da segunda ponte deverá ser construída sobre o rio Paraná na região do bairro Porto Meira, em Foz do Iguaçu. No lado paraguaio, a obra vai alcançar o município de Presidente Franco, vizinho a Cidade de Leste, onde está a Ponte Internacional da Amizade. Com a obra, todo o transporte de cargas será feito pela nova passagem, e a atual vai atender somente turistas e passageiros.

Ponte da Amizade - A Ponte da Amizade, construída em 1965, é o principal corredor logístico entre Brasil e Paraguai e está sobrecarregada. Além das pessoas que circulam entre Foz e Cidade de Leste, ela também concentra o trânsito de caminhões. Com a nova ligação, ficará exclusiva para veículos leves e ônibus de turismo.

Ligação - Além disso, a segunda ponte permitirá a ligação entre a Rodovia das Cataratas e a BR-277 pela Perimetral Leste, por onde também trafegarão os veículos pesados que circulam entre Brasil e Argentina.

Outra ponte - Além de Foz, está prevista outra ponte ligando o município de Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, a Carmelo Peralta, no Paraguai, sobre o rio Paraguai. A previsão é de que as obras durem cerca de três anos. Há uma negociação entre os dois governos para que as obras sejam custeadas pela Itaipu Binacional. (Agência de Notícias do Paraná)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias