Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INTEGRADA: Em busca dos resultados

 

 

cabecalho informe

INTEGRADA: Em busca dos resultados

integrada 20 05 2019Reduzir os custos e aumentar a receita dos cooperados é um dos focos da Integrada. Para concretizar este objetivo, a cooperativa já deu o primeiro passo e iniciou a primeira turma do curso sobre a metodologia Lean Six Sigma para colaboradores. A metodologia é um conjunto de práticas originalmente desenvolvidas que visa melhorar sistematicamente os processos dentro da cooperativa.

Processos - O objetivo desse curso é treinar os colaboradores a revisarem os processos para torná-los mais ágeis e economicamente viáveis. O diretor-presidente da Integrada, Jorge Hashimoto, explica que a cooperativa está buscando aperfeiçoar a gestão e percebeu na metodologia Lean Six Sigma uma oportunidade para revisar os processos de cada área de negócio da cooperativa.

Redução de custos - “O objetivo final deste trabalho é de reduzir os nossos custos, as nossas despesas e valorizar o nosso cooperado”, observa. Hashimoto completa que todo esse trabalho visa melhorar o atendimento, dando mais foco às necessidades dos cooperados. Segundo ele, por meio da maior agilidade dos processos, é possível reduzir custos e otimizar os processos para gerar mais retorno para o cooperado e trazer mais investimentos para a Integrada. “Estamos bastante confiantes neste projeto, tem várias pessoas de nossa equipe sendo treinadas para tocar este programa. Esperamos que nos dê bons frutos com a cooperativa, melhorando cada vez mais os resultados e criando maior valor para os cooperados”, salienta Hashimoto.

Resultado - O diretor-presidente observa, no entanto, que este não é um trabalho cujo resultado irá aparecer de um dia para o outro, isso porque o Lean Six Sigma precisa trabalhar o comportamento dos colaboradores. A metodologia foca na mudança da mentalidade e as atitudes dos colaboradores para aperfeiçoar o atendimento da empresa.

Longa data - André Galletti, gerente da área de planejamento e desenvolvimento da Integrada, explica que a criação deste curso é uma ideia já de longa data, pois foi observado que em grandes corporações, a metodologia Lean Six Sigma tinha uma correlação grande com os resultados positivos que a metodologia gerava. “Desde o ano passado estamos trabalhando para trazer este curso para a cooperativa que padroniza os processos e reduz os desperdícios”, completa Galletti.

Outros benefícios - Ainda sobre os benefícios do Lean Six Sigma, Caia Konai, analista de controle de qualidade da Integrada, explica que o curso pode ajudar a melhorar os resultados da cooperativa, principalmente em um ano em que tivemos uma quebra de safra. “Para impulsionar os resultados da cooperativa, este curso vem muito a calhar. Essa é a primeira turma e esperamos ter muitas outras”, enaltece.

Acerto dos passos - Maura Dalila, supervisora administrativa da matriz da Integrada em Londrina, explica que o curso tem aberto a sua mente. “ No dia a dia ficamos muito focados naquilo que fazemos, não conseguimos pensar fora da caixinha”, observa. Maura destaca que o treinamento ajuda no direcionamento para aonde temos que chegar. As ferramentas do Lean Six Sigma propiciam ao colaborador enxergar outras possibilidades, além de rever e melhorar os processos.

Dados - O analista de orçamento Eric Marçal afirma que o curso ajuda a analisar as informações e os dados que o próprio banco de dados da cooperativa gera. Consequentemente, a tomada de ação será mais assertiva por meio de um plano de ação sobre as falhas cometidas. “Na minha área, o curso ajudará na redução de despesa. Podemos analisar melhor onde atacar, qual regional, indústria ou estabelecimento que precisamos ter um olhar mais crítico. ”, completa.

Ferramentas - O encarregado de turno da Unidade Industrial de Milho (UIM), Vanderson Campos de Bulhões, se inscreveu no curso com o objetivo de ajudar a cooperativa a atingir os seus objetivos. “O curso está apresentando ferramentas que desconhecia e, com ela, está ficando mais clara a forma de resolver os problemas no chão de fábrica”, observa. (Imprensa Integrada)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias