cabecalho informe

SICREDI UNIÃO PR/SP I: Com transmissão simultânea, cooperativa apresenta resultados do 1º trimestre

A Sicredi União PR/SP promoveu a reunião de apresentação de resultados do 1º trimestre na noite desta segunda-feira (20/05), em Maringá. Pela primeira vez o evento contou com transmissão ao vivo e simultânea para as cidades de Mogi Mirim, Londrina e Cianorte. Assim, foi possível reunir em conferência pouco mais de 560 pessoas, entre diretores, gerentes e assessores da superintendência, gerentes de agências, coordenadores de núcleos, conselheiros consultivos e colaboradores.

Apresentação - O presidente da Sicredi União PR/SP, Wellington Ferreira, fez a apresentação dos resultados do 1º trimestre. Antes, porém, anunciou que a obra da nova sede da cooperativa foi iniciada semana passada, em Maringá. A expectativa é que em 30 meses seja concluída. Em seguida, informou números atualizados do Sistema Sicredi, que já está com mais de 4,02 milhões de associados, 1.680 agências em 22 estados e Distrito Federal, R$ 60 bilhões em depósito total e R$ 99,4 bilhões em ativos totais.

Resultado positivo - Em relação à Sicredi União PR/SP, Ferreira ressaltou que até o fim de março foram contabilizados 204 mil associados, o que corresponde a 101% da meta para o período e crescimento de 17,4% nos últimos 12 meses. “Esse resultado é muito positivo e importante porque quanto maior o número de associados, mais forte e estruturada será a cooperativa. A nossa meta é chegar a 300 mil associados em 2020”, ressaltou ao destacar que até dezembro a cooperativa também prevê estar com 116 agências - até março eram 91.

Mais números - Neste primeiro trimestre, a Sicredi União PR/SP também atingiu R$ 4,29 bilhões em ativos totais, R$ 3,04 bilhões em captações, R$ 2,27 bilhões em operações de crédito e R$ 393 milhões em patrimônio líquido. Ferreira apresentou ainda os resultados entre 2017 e 2018 em share de mercado, sendo que em depósito totais a cooperativa atingiu 5,56%, ou seja, 25% de crescimento, já em operações de crédito atingiu 8,88%, aumento de 32%.

Crescimento contínuo - “Nos últimos anos, os números revelam que temos apresentado crescimento contínuo e sustentável, e nestes três primeiros meses não foi diferente. A maioria dos itens superam a meta para o período. Estamos muito felizes com os resultados e certos de que não somos mais um no mercado, já que nosso propósito é oferecer transformação e desenvolvimento”, reforçou Ferreira.

Expectativas - Para o coordenador de núcleo, Luiz Carlos Branco Flamengo, os dados atendem as expectativas, já que desde que se tornou associado da agência Maringá Velho, há seis anos, acompanha o crescimento progressivo da cooperativa. “O que me surpreende é que mesmo diante da situação econômica do país, a Sicredi União cresce. Isso mostra o quanto a cooperativa está solidificada e o quanto os associados confiam no cooperativismo”, comentou.

Novo formato - Já o coordenador de núcleo da agência de Bela Vista do Paraíso, Nilton Augusto Marques de Oliveira, destacou o novo formato de reunião. Isso porque além de não haver prejuízos na transmissão das informações, a distância para deslocamento é menor. “Antes, como coordenador em Bela Vista, eu acompanhava as reuniões em Maringá. Agora vim para Londrina, então são cerca de 160 quilômetros a menos. Temos que usar a tecnologia a nosso favor”, comemorou Oliveira.

Aprovação - O coordenador de núcleo da agência de Cambé, Valdenyr Bernardi, também aprovou o uso da tecnologia e acrescenta outro grande benefício das reuniões virtuais. “Reduz a quantidade de deslocamentos, favorecendo a segurança principalmente para os diretores que fazem tantas viagens”, observou.

Entrega de certificados - Ao final da reunião foi realizada a entrega de certificados para mais de 100 colaboradores voluntários do programa Na Ponta do Lápis, que concluíram o curso sobre ‘Educação Financeira’. O treinamento preparou a equipe para as ações da Semana da Educação Financeira, mas as oficinas que atendem a comunidade terão continuidade ao longo do ano.

Relevante - A assistente de Negócios da agência de Mandaguaçu, Letícia Locosqui, estava entre os colaboradores certificados. Ela decidiu se voluntariar por considerar relevante o propósito de democratizar o acesso a informações financeiras. “Boa parte dos brasileiros estão endividados por não administrar bem os seus recursos. A Sicredi União se posiciona como agente transformador, e não apenas como uma instituição financeira que oferece produtos e serviços. Por isso, me motivei a participar e é gratificante ensinar para que as pessoas consigam realizar sonhos”, enfatizou.

Compartilhamento - O gerente da agência Duque de Caxias, de Londrina, Rosiel Martins, fez a formação pela segunda vez porque, para ele, é uma satisfação compartilhar conhecimentos. Ano passado, ele ministrou palestra em uma cooperativa de recicladores de Ibiporã. “Senti que pude contribuir e também aprendi com eles. Exploramos o assunto e as perguntas vão surgindo. Percebi que muitas pessoas nunca tiveram oportunidade de aprender sobre educação financeira”. (Imprensa Sicredi União PR/SP)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias