cabecalho informe

PARANA.COOP+10 I: Sistema Ocepar realiza 1ª primeira reunião técnica com parlamentares do PR que integram a Frencoop

Dando continuidade às atividades do Programa de Educação Política do Cooperativismo Paranaense, o parana.coop+10, o Sistema Ocepar realizou, na manhã desta segunda-feira (10/06), na sede da entidade, em Curitiba, a primeira reunião técnica com a presença parlamentares paranaenses eleitos no ano passado e que integram a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), entre os quais 11 deputados federais e um senador. O encontro ocorreu com a participação do presidente da Frencoop, deputado federal pelo Espírito Santo, Evair Viera de Melo, e de diretores da Ocepar e Fecoopar e do Conselho de Administração do Sescoop/PR. “Estamos aqui com todo o comando do Sistema Ocepar, com integrantes das três entidades representam os mais de 1,8 milhão de cooperados do Paraná”, afirmou o presidente o Sistema Ocepar, José Roberto Ricken. “A reunião de hoje tem como objetivo de melhorar a sintonia do cooperativismo com os deputados e senadores paranaenses que integram a Frente, para que eles possam nos representar no Congresso Nacional. E a presença dos parlamentares no evento superou nossas expectativas”, destacou no início do encontro. Na oportunidade, os participantes receberam um documento com os principais projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional que impactam direta ou indiretamente nas atividades do cooperativismo. Clique aqui para acessá-lo na íntegra

Educação política  O líder cooperativista lembrou que em 2018 o Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) lançou um programa de educação política que contou com a adesão do Sistema Ocepar e aqui ganhou o nome de “parana.coop+10”, cujo propósito foi estimular o voto consciente e fortalecer a Frencoop. Uma das ações do programa paranaense foi envolver todo o público ligado às cooperativas por meio de uma rede de comunicação. “Os parlamentares que estão aqui participaram do programa, foram eleitos e hoje compõem a Frente”, disse Ricken. “Mas permanecemos abertos à adesão de mais parlamentares. Nossa intenção é dar atenção especial à Frente e realizar outro evento como esse em Brasília, invertendo os papéis. Hoje, nós ouvimos os parlamentares. Da próxima vez, o espaço será aberto para as nossas lideranças se manifestarem. E, no próximo semestre, iremos organizar uma outra reunião como essa. No Paraná, vamos também nos reunir com os deputados estaduais”, frisou.

Exemplo – Também presente ao evento, o superintendente do Sistema OCB, Renato Nobile, afirmou ser fundamental esse trabalho de aproximação com os parlamentares. “Foi muito assertivo convidá-los para esse encontro com a diretoria do Sistema Ocepar. Parabéns ao Paraná por essa quebra de paradigma. Mais uma vez, vocês estão inovando. O parana.coop+10 teve uma efetividade muito grande. Foi muito importante e queremos extrapolar essa experiência e irradiá-la para as em outros estados”, disse.

Prioridades – Já a gerente de relações institucionais da OCB, Fabíola Motta, falou sobre o papel de representação do cooperativismo no Congresso Nacional, explicando como a entidade faz o acompanhamento das matérias em tramitação no Congresso. “Nós nos organizamos em âmbito nacional para trabalhar em prol do desenvolvimento do cooperativismo. Junto aos parlamentares, nós sugerimos propostas, apresentamos estudos técnicos relacionados às matérias e mostramos os impactos dos projetos em tramitação para o setor. Somente em 2018, havia 1.415 projetos de lei que impactavam o cooperativismo de alguma forma”, destacou. Ela também apontou alguns dos alguns dos temas de interesse do setor, entre os quais, o ato cooperativo (PLP 271/2005), a lei geral das cooperativas (PL 519/15), a Lei Kandir (PL 42/2019), a reforma da Previdência (PEC 6/2019, a reforma tributária (PEC 293/2004), entre outros.

Pronunciamentos – Na sequência, houve o pronunciamento de todos os parlamentares presentes à reunião promovida pelo Sistema Ocepar: professor Oriovisto, Rubens Bueno, Aline Sleutjes, Leandre Dal Ponte, Evandro Roman, José Schiavinato, Gustavo Fruet, Cristiane Yared, Pedro Lupion, Luiz Nishimori, Ricardo Barros e Sergio Souza. O senador Flavio Arns não pode comparecer por problemas de saúde na família e foi representando pelo chefe de gabinte no Paraná, Rafael Bertoldi. O evento contou ainda com a presença do deputado estadual, Marcelo Micheletto, e do ex-deputado Luiz Carlos Hauly, que atualmente presta assessoramento à OCB em questões tributárias.

A Frencoop – Composta ao todo por 264 deputados, dos quais  22 do Paraná, e 37 senadores, entre eles, três paranaenses, a Frencoop tem a missão de pautar os temas de interesse do cooperativismo no Congresso, divulgando e defendendo as principais ações para o desenvolvimento do setor no país. Tem o principal objetivo de garantir um ambiente favorável para que o cooperativismo possa se desenvolver. Isso pode ocorrer por meio de votações de projetos no Poder Legislativo ou no processo de formulação de normativos e de políticas públicas do governo. Periodicamente, a Diretoria Executiva da OCB se reúne com a Diretoria da Frencoop, em Brasília, para definir prioridades.

Revista PR Cooperativo – A partir da edição de julho, a revista Paraná Cooperativo irá publicar uma seção com a divulgação das atividades dos parlamentares paranaenses na Frencoop. As informações serão coletadas com apoio das assessorias dos deputados e senadores que integram a Frente. O próximo número da publicação trará ainda uma reportagem especial sobre o evento ocorrido nesta segunda-feira, em Curitiba.

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias