DIA INTERNACIONAL II: Reunião comemorativa é realizada no Palácio Iguaçu

Para comemorar o Dia Internacional do Cooperativismo, data mundialmente celebrada no primeiro sábado de julho, o Sistema Ocepar realizou sua reunião mensal de diretoria, nesta quinta-feira (04/07), excepcionalmente no Palácio Iguaçu, em Curitiba, sede do Governo do Estado do Paraná. “Nós temos total diálogo com o atual governo, participamos de projetos em conjunto, apresentamos nossas reivindicações sempre que é necessário. Então, a reunião de hoje foi um encontro comemorativo ao 97º Dia Internacional do Cooperativismo, em que pudemos apresentar ao governo o que o cooperativismo do Paraná representa para a economia do estado”, disse o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken.

Presenças – Participaram da reunião, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior, o vice-governador Darci Piana, os secretários estaduais Norberto Ortigara (Agricultura), Sandro Alex (Infraestrutura) e  Valdemar Bernardo Jorge (Planejamento), o deputado estadual Marcel Micheletto, o diretor da Agência Paraná Desenvolvimento (APD), José Eduardo Bekin, o presidente o Conselho de Administração do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Wilson Bley, e o diretor do banco, Luiz Carlos Borges da Silveira. Também estiveram presentes os superintendentes Leonardo Boesche (Sescoop/PR), Nelson Costa (Fecoopar) e Robson Mafioletti (Ocepar), gerentes e coordenadores da organização. 

Empregos – Além de indicadores com a evolução de receitas, número de cooperados, capacidade de armazenagem, exportações, entre outros dados do setor, na ocasião o presidente da Ocepar destacou a capacidade de geração de empregos das cooperativas paranaenses. “Atingimos a marca de 101 mil empregos com carteira assinada no Paraná, sem mencionar que milhões de oportunidades de trabalho são geradas por conta da atuação das cooperativas. Nós, como setor organizado, temos um compromisso com o desenvolvimento o Paraná.  Então, essa interação com o governo do estado é muito importante”, frisou Ricken. O trabalho que o Paraná vem desenvolvendo para conquistar o status de área livre de febre aftosa sem vacinação, demanda de investimentos e créditos tributários, também foram assuntos tratados durante a reunião.

Infraestrutura – Os projetos para resolver os gargalos de infraestrutura foram tratados pelo governador Ratinho Júnior e também pelo secretário Sandro Alex. “Faremos o maior leilão de concessões do Brasil e precisamos que vocês nos ajudem a divulgar isso porque, quando mais concorrentes, melhores são as chances de conseguirmos preços mais baixos”, disse Ratinho Júnior. Segundo ele, a proposta é solucionar questões críticas, como a PR 280, no sudoeste do estado, e PR 151, entre Jaguariaíva e Sengés, e modernizar a infraestrutura já existente. “Por isso, incluímos na proposta de concessão quatro aeroportos - Afonso Pena, Bacacheri e Foz do Iguaçu – além da construção de um segundo anel de integração. Queremos transformar o Paraná num grande corredor logístico”, disse.

Aprovação – Ratinho Júnior elogiou a iniciativa da Ocepar em realizar sua reunião mensal no Palácio Iguaçu, pela oportunidade de interação e aproximação com o governo. “É muito oportuno podermos sentar à mesa e colocar aquilo que o governo está fazendo e também ouvir de vocês, demandas e sugestões. Então, proponho aqui que reuniões como a de hoje aconteçam com mais frequência”, afirmou.

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn