Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias SICOOB UNICOOB: Inovação no cooperativismo financeiro foi tema de evento internacional que reuniu 750 pessoas em Maringá

 

 

cabecalho informe

SICOOB UNICOOB: Inovação no cooperativismo financeiro foi tema de evento internacional que reuniu 750 pessoas em Maringá

 

sicoob unicoob 05 07 2019Na última semana, cerca de 750 lideranças e especialistas cooperativistas do Brasil e do exterior estiveram reunidos em Maringá para a Conferência Internacional de Inovação no Cooperativismo Financeiro – Cri8. 

 

Dirigentes e especialistas - Promovido pelo Sicoob Unicoob, o evento trouxe a Maringá dirigentes cooperativistas e especialistas em mercado financeiro, empreendedorismo e inovação que são referência no cenário nacional e internacional.

 

Temas - Os temas abordados na programação da Cri8 trataram da inovação no mercado financeiro, como as transformações tecnológicas têm impactado o setor e colocado o cooperativismo frente a novos desafios. Para os fundadores da StartSe, Mauricio Benvenutti e Junior Borneli, um desses grandes desafios é aceitar que as falhas fazem parte do processo de evolução.

 

Inovação a seu favor - “Embora muitas empresas ainda atuem de forma tradicional, com medo de mudar, estamos vivendo um tempo em que as organizações que estão se tornando líderes em seu mercado são as que sabem usar a inovação a seu favor, sem se distanciar do cliente. Em qualquer negócio, quem não falha, não inova”, disse Mauricio Benvenutti.

 

Maior erro - “O maior erro que uma empresa pode cometer hoje em dia é não inovar. A tecnologia proporciona crescimento exponencial, mas ir longe necessita de mudança na maneira de pensar”, complementou Junior Borneli.

 

Mudança de mindset - A importância da mudança de mindset também foi um dos temas abordados pelo diretor digital do Volksbank na Áustria, Horst Weichselbaumer-Lenck, que contou como a troca de experiências com fintechs e startups tornou a relação do banco com seus clientes mais próxima e colaborativa. 

 

Experiência efetiva - “Percebemos que não tínhamos uma experiência efetiva com nossos clientes e, a partir dessa aproximação, conseguimos pensar em coisas novas. As fintechs e startups têm processos ágeis, sem hierarquia e com foco no cliente. Mudamos nossa perspectiva e convidamos nossos clientes a participarem dos nossos projetos e discutirem conosco melhorias nos processos. Para nós, essa troca é uma grande oportunidade de aprendizado, pois nos possibilita conhecer o perfil de cada cliente e melhorar a experiência que oferecemos através dos nossos produtos”, disse.

 

Inovação e pessoas - Os painéis e palestras da Cri8 falaram sobre tecnologia, mas também abordaram a importância das pessoas no processo de inovação. Em sua fala, a idealizadora do Programa No Coração do Cliente e especialista no Método Disney, Jacqueline Ferreira Gomes, ressaltou que é essencial ter recursos tecnológicos como aliados, mas o ponto mais importante é fazer com que as pessoas se envolvam e se comprometam em fazer diferente para fazer a diferença. 

 

Processo - “Podemos ter as melhores entregas em inovação tendo a tecnologia como parceira, mas nada disso será possível sem as pessoas. A inovação é um processo desafiador e contínuo, que precisa ser pensado diariamente. Não podemos parar no primeiro obstáculo, precisamos continuar para que as pessoas entendam a importância disso”, disse ela.

 

Segredo - Seguindo o mesmo pensamento, o CEO da Ideality Roads e um dos articuladores do desenvolvimento de Israel como potência tecnológica, Oren Gershtein, afirmou que incentivar as pessoas é o grande segredo da inovação. “A peça fundamental é não julgar as falhas delas, deixar que elas tentem.  Para ser inovador é preciso ser flexível”, finalizou.

 

Intercooperação - Para o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Unicoob, Jefferson Nogaroli, a Conferência Internacional de Inovação no Cooperativismo Financeiro cumpriu seu propósito de levar conhecimento, oportunizar a troca de experiências e o debate entre cooperativas. 

 

Espaço - De acordo com Nogaroli, outra contribuição importante do evento foi servir como um espaço para divulgar as iniciativas com foco na inovação que já estão sendo colocadas em prática no Brasil e no mundo. “A Cri8 foi um sucesso e em 2020 teremos mais a segunda edição do evento, em Foz do Iguaçu. O caminho para o futuro é a cooperação e o primeiro passo foi dado. Vamos continuar com esse movimento pois mais do que discutir assuntos importantes, o que queremos é edificar pessoas para incentivá-las a contribuir por um mundo melhor”, finalizou. (Imprensa Sicoob Unicoob)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias