Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INTEGRADA: Produtores esperam chuva para iniciar plantio de soja

 

 

cabecalho informe

INTEGRADA: Produtores esperam chuva para iniciar plantio de soja

integrada 17 09 2019O vazio sanitário, que proibia a manutenção das plantas de soja na lavoura, terminou no último dia 10 de setembro. No entanto, as plantadeiras ainda não entraram em campo. O motivo, é a falta de chuvas que assola as principais regiões produtoras de soja. No oeste do Paraná, onde se planta mais cedo, os produtores estão preocupados com esta estiagem atípica. O momento, seria de plena atividade das plantadeiras, mas poucas máquinas se atreveram a sair dos galpões.

Seco - O cooperado e diretor vice-presidente da Integrada, João Francisco Sanches Filho, ainda não iniciou a semeadura da soja. O solo de sua propriedade, localizada em Guaíra, está totalmente seco. Ele aguarda as próximas chuvas para iniciar a semeadura. Mesmo com essa condição, ele está otimista com a safra, diante da quebra que sofreu no ciclo 2018/19, quando o clima prejudicou a sua colheita.

Chuvas abaixo da média - As chuvas estão abaixo da média para este mês de setembro, afirma o meteorologista do Simepar, Fernando Mendonça Mendes. Ele explica que o déficit hídrico se deve a uma menor dinâmica atmosférica, ou seja, a umidade vinda do Paraguai e Centro Oeste do Brasil não está chegando na região Sul.

Tendência - Até o próximo final da semana, completa Mendes, há uma tendência de chuva fraca, o que pode motivar os produtores a iniciar a semeadura da soja. Jaime Viotto, gerente da regional da Integrada em Goioerê (PR), afirma que os produtores estão preocupados à espera da chuva. Contudo, ele está otimista e estima que as atividades devam começar logo.

Expectativa - O Paraná estima semear nesta safra 19,77 milhões de toneladas de soja, volume 22% maior no comparativo com o mesmo período da safra anterior, quando foram produzidas 16,25 milhões de toneladas. Os dados, são do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

Quebra da safra - Um dos motivos que justifica esse crescimento da produção, segundo técnicos do Deral, se deve à quebra da safra 2018/19, ocasionada por questões climáticas. Em área, o Paraná estima semear 5,47 milhões de hectares, área semelhante à safra anterior. (Imprensa Integrada)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias