cabecalho informe

COOPERJOVEM: Projeto Fazendo Arte será ampliado em escolas municipais de Curitiba

O projeto “Fazendo Arte – Cooperando com a Vida”, uma ação do Programa Cooperjovem que já beneficiou dez escolas municipais de Curitiba, deve ser ampliado para outras unidades, preferencialmente as que têm Faróis do Saber e as que desenvolvem o programa Comunidade Escola, com atividades para a população aos sábados. “Recebi um caprichado relatório do que já foi feito e gostaria que essa iniciativa se estendesse”, afirmou o prefeito Rafael Greca, durante reunião, na tarde desta quinta-feira (17/10), com o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, e o superintendente do Sescoop/PR, Leonardo Boesche. Também participaram do encontro, na sede da Prefeitura, a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, a coordenadora de Projetos da Educação de Curitiba, Andréa Barletta, a gerente de Desenvolvimento Humano do Sescoop/PR, Maria Emilia Pereira Lima, o coordenador de Cooperativismo do Sescoop/PR, Humberto Bridi, e os diretores da Unicultura, Ricardo Trento e Cibele Lunkes.

Resultados - O presidente do Sistema Ocepar entregou ao prefeito publicações relatando os resultados do projeto “Fazendo Arte – Cooperando com a Vida”, as demais ações do Programa Cooperjovem em dezenas de municípios do Paraná, além da revista Paraná Cooperativo, edição de setembro, que mostra a trajetória do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PR), em 20 anos de atuação no estado. “Sabemos que o prefeito é um semeador de ideias e por isso acreditamos nesta parceria”, comentou Ricken. Para o dirigente, o projeto Fazendo Arte é um difusor da cultura da cooperação. “As cooperativas têm forte ligação com o desenvolvimento de muitas regiões do estado, onde há, naturalmente, maior conhecimento sobre os princípios e valores do cooperativismo. Pretendemos expandir essa percepção também na capital do Paraná, em especial junto às novas gerações de curitibanos”, afirmou.

Valores e princípios - O Fazendo Arte aplica os valores e princípios do cooperativismo - como ajuda mútua, responsabilidade, democracia, solidariedade, honestidade, igualdade, entre outros – em atividades com estudantes da rede municipal do 4º ao 5º ano. Ao final do trabalho, com a orientação de artistas, os estudantes pintam painéis. O projeto teve início em abril, por meio de parceria entre a Secretaria Municipal da Educação, o Sescoop/PR e a Unicultura.

Programa Cooperjovem - Disseminar a cultura da cooperação no ambiente escolar é o objetivo do Programa Cooperjovem, desenvolvido pelo Sescoop/PR, em parceria com cooperativas agropecuárias, educacionais e de crédito. Este programa nacional tem forte atuação no Paraná: 31.387 alunos envolvidos, 1.762 professores, 370 escolas e 68 municípios abrangidos. Com o projeto Fazendo Arte, Curitiba passou também a fazer parte da rede de municípios com ações do Cooperjovem, que tem foco em estudantes do Ensino Fundamental.

Educar para a cooperação - “Ações como essa desenvolvem habilidades nos estudantes, como o trabalho em equipe”, explicou a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila. Foram contempladas as escolas Wenceslau Braz, Irati, Papa João XXIII, Alencar Furtado, Jaguariaíva, Herley Mehl, Júlio Moreira, Dona Lulu, Nansyr Cecato e Guilherme Butler. “Aqui queremos educar para o empreendedorismo e o cooperativismo”, acrescentou o prefeito, que agradeceu a parceria e presenteou Ricken com um exemplar do seu livro “Curitiba, Luz dos Pinhais”. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Curitiba)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias