cabecalho informe

GPTW: Doze cooperativas paranaenses estão entre as melhores empresas para trabalhar

 

Durante evento realizado na noite desta quarta-feira (30/10), em Curitiba, foram reconhecidas as 70 melhores empresas para trabalhar no Paraná, entre as quais, 12 são cooperativas. Este reconhecimento ocorre pelo Programa de Certificação Great Place to Work (GPTW), que permite, por meio da ferramenta on-line de pesquisa e diagnóstico do clima organizacional, a medição de forma prática da percepção dos funcionários em relação à empresa. Entre as empresas certificadas neste ano, 10 são de porte grande, 45 de porte médio e 15 de porte pequeno. A edição do 10ª do Ranking Paraná contou com 207 empresas inscritas - uma procura 6% superior em relação aos inscritos de 2018 -, representando 104.484 funcionários. "É gratificante atingir a marca de mais de 100 mil funcionários ouvidos. Começamos o ranking com 25 empresas e hoje são 70, inclusive cooperativas o que, para nós, é motivo de orgulho", afirma Hilgo Gonçalves, diretor da regional do Paraná da GPTW.

 

Cooperativas - Na relação das empresas reconhecidas e que receberam certificado e troféu, estão as cooperativas: C.Vale, Cresol, Integrada, Sicoob Central Unicoob,  Sicoob Metropolitano, Sicoob Integrado, Sicoob Ouro Verde, Sicoob Três Fronteiras, Sicoob Credicapital, Sicredi Vale Do Piquiri ABCD PR/SP, Unimed Paraná e Unimed Curitiba com o Laboratório Unimed. O Sistema Ocepar foi representado no evento pelo coordenador de Comunicação Social, Samuel Milléo Filho.

 

C.Vale - O presidente da C.Vale, com sede em Palotina, Alfredo Lang, disse que recebeu a notícia desta certificação com surpresa, pois foi o primeiro ano que a cooperativa participou da pesquisa. “Percebemos que os funcionários, ao tomar conhecimento da notícia, ficaram felizes e a repercussão também foi positiva fora, na comunidade, afinal a C.Vale é uma das principais geradoras de emprego do município e da região. Esta certificação comprova de que estamos no caminho certo com relação a gestão dos funcionários. Sempre procuramos valorizá-los e criar um clima de trabalho comprometido com o bem-estar, desempenho e crescimento”, lembrou.

 

Orgulho - Segundo o presidente do Sicredi Vale do Piquiri, ABCD PR/SP, “receber a premiação e estar entre as melhores empresas para trabalhar pela GPTW é motivo de muito orgulho. Somos gratos pelo reconhecimento ao trabalho e as práticas de gestão desenvolvidas pela cooperativa. Ter este ótimo ambiente de trabalho reflete num melhor atendimento ao associado e consequente no desenvolvimento da cooperativa que, através do relacionamento agrega renda e contribui para a melhoria da qualidade de vida dos associados e comunidade. Parabéns aos colaboradores e associados pela conquista, frisou. 

 

Perfil das premiadas - As empresas paranaenses premiadas pelo GPTW possuem, em média, 28 anos de existência. Das 70 empresas, 15 empregam funcionários fora do Brasil, totalizando 213 brasileiros que atuam no exterior. Em média, as empresas premiadas estão em quatro unidades federativas. No quesito desenvolvimento dos funcionários, 36% das empresas premiadas oferecem verba extra para programas de evolução profissional dos trabalhadores - e eles podem utilizar da maneira que bem entenderem. Outro dado é que 59% das premiadas oferecem universidade interna. Das melhores, 57% oferecem bolsa de estudos para cursos de idiomas, 79% oferecem bolsas de estudos para cursos de graduação ou pós-graduação e 69% oferecem programas de coaching (e 57% de mentoring).

 

Admissões e demissões - A taxa de saída voluntária das empresas premiadas gira em torno de 5%. Já a rotatividade voluntária representou, no período, cerca de 25% do total das demissões. Além disso, 44% das pessoas que compõem os quadros de funcionários das empresas premiadas foram admitidas no último ano. Sobre a faixa etária dos funcionários, 35% das premiadas têm colaboradores entre 26 e 34 anos e 26% entre 35 e 44 anos. No quesito escolaridade, 72% dos colaboradores têm ensino médio completo ou menos; 20%, ensino superior completo; e 7% pós-graduação completa.

 

Setores - As premiadas são de 15 setores diferentes: varejo, produção e manufaturas, hotéis e restaurantes, agricultura, silvicultura e piscicultura, serviços financeiros e seguros, construção, infraestrutura e imobiliário, mídia, educação e treinamento, telecomunicações, serviços de saúde, biotecnologia e farmacêutico, serviços profissionais, tecnologia da informação, transportes, organizações não governamentais e filantrópicas.

 

Mulheres são minoria - Entre as premiadas, somente 13% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres, enquanto 87% são dominados por homens. Em cargos de média liderança esse número cresce para 33%, enquanto 67% das posições são masculinas. Nas ocupações classificadas como "gerais", 61% são homens e 38% mulheres. A idade média dos CEOs é de 50 anos e o tempo médio que estão no cargo é de onze anos.

 

Comunicação em alta - Os números da pesquisa 2019 do GPTW Paraná mostram que a comunicação entre líderes e colaboradores é importante. Quanto maior o número de feedbacks dados aos funcionários, maior é o índice de confiança. Cerca de 55% dos funcionários das empresas premiadas receberam mais de três feedbacks no ano.

 

Regras - Para participar do GPTW é preciso ter no mínimo 30 funcionários e concorrer com um CNPJ registrado no Paraná. Hoje, o estado tem 170 empresas certificadas, com avaliações acima de 70/100 pelos seus colaboradores. O GPTW Paraná representa 12% do número de empresas certificadas pelo GPTW Brasil. O GPTW foi fundado nos Estados Unidos e está presente em 61 países. A primeira lista das melhores empresas no mundo feita no Brasil foi em 1997. (Com informações da Gazeta do Povo)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias