SICREDI II: Educadores se inspiram em Leonardo Da Vinci para encarar desafios da sala de aula

 

"Quando a aula sai exatamente como foi programada pelo professor é porque ela não deu certo". Com essa provocação, o educador Miguel Thompson comparou a sala de aula com o oceano e inspirou mais de 600 educadores do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, que estiveram reunidos no Summit Educação – Programa A União Faz a Vida, promovido pela Central Sicredi PR/SP/RJ, nos dias 29 e 30 de outubro, na Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), em Curitiba.

 

Personalidades - Além dele, também participaram do evento personalidades como o jornalista e escritor Marcos Piangers; Jean Sigel, da Escola de Criatividade; a pedagoga e mestre em Educação, Laura Monte Serrat Barbosa; e o vice-presidente de Educação da Pearson Brasil, Juliano Costa. A metáfora com os mares feita por Thompson se deve às mudanças provocadas pela tecnologia: "atualmente, as crianças são, além de curiosas e inquietas, como sempre foram, ansiosas e imediatistas. Por isso, o professor precisa estar preparado para reviravoltas e tempestades, a exemplo do que acontece quando navegamos".

 

Desafios - E, nessa onda de mudanças, os participantes debateram sobre os desafios da educação, além de compartilharem informações e reflexões sobre o desenvolvimento das iniciativas realizadas com base na metodologia do Programa A União Faz a Vida (PUFV) - principal iniciativa de responsabilidade social da instituição financeira cooperativa.

 

Perspectiva - Na abertura do evento, o presidente nacional do Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, destacou o importante papel da iniciativa. "A perspectiva ativa do Programa é fundamental. O Summit Educação nasceu da necessidade de criarmos momentos de troca, tão necessários quando se trabalha com educação. As experiências e reflexões promovidas durante o evento são essenciais para a formação continuada dos professores e educadores”, enfatizou.

 

Exposição - O evento também proporcionou aos convidados a apreciação da exposição Leonardo Da Vinci – 500 Anos de Legado, que veio para Curitiba exclusivamente para o Summit. A mostra contou com cerca de 50 peças entre pinturas e códigos, máquinas e desenhos. As réplicas interativas do que foi produzido por Da Vinci ajudaram a demonstrar como o artista aperfeiçoava suas habilidades a partir da curiosidade em busca por conhecimento. "Algo essencial para quem trabalha com educação", completou Dasenbrock.

 

Valorização - Também na cerimônia de abertura, Marcos Piangers falou sobre a importância de valorizar os professores, algo que o Programa A União Faz a Vida faz por meio de capacitações como a realizada esta semana e também com as ações junto às secretarias municipais de educação. "O ser humano se desenvolve muito melhor com o 'olho no olho', algo que aprendemos na sala de aula e que não deveríamos jamais esquecer. Virtudes como colaboração, valorização do ser humano e amor ao próximo, que aprendemos com nossos professores, jamais deveriam ser esquecidas", completou a assessora de Desenvolvimento do Cooperativismo da Central Sicredi PR/SP/RJ, Alyne Lemes.

 

Reflexão - De acordo com ela, o objetivo de trazer a exposição de Da Vinci foi gerar a reflexão sobre o tema educação e o legado do artista. “Todas as pessoas, em específico os educadores presentes, têm um pouco dele no seu DNA. Vivemos em um mundo onde, cada vez mais, as pessoas curiosas e questionadoras (como foi o artista) conseguem fazer mais conexões e acabam por se destacar no mercado. Portanto, a metodologia desenvolvida pelo PUFV e também utilizada neste evento busca reforçar essas características, já que os projetos nascem dentro da sala de aula por intermédio dos alunos”, disse.

 

Sobre o Programa A União Faz a Vida - O Programa A União Faz a Vida é uma das principais iniciativas de responsabilidade social do Sicredi. No ano passado, somente a Central Sicredi PR/SP/RJ teve mais de 2,8 mil projetos realizados nas diversas instituições de ensino públicas que adotaram a metodologia ativa do programa - denominada de "escola sem muros". Desde que foi implantado, o PUFV já beneficiou 285 mil crianças e adolescentes, de mais de 1,9 mil escolas em 369 cidades de sete estados, contando com o trabalho de quase 25 mil educadores.

 

Sobre o Sicredi - O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.700 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br). (Imprensa Sicredi)

 

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn