cabecalho informe

SAÚDE II: ANS disponibiliza nova versão do D-TISS

 

saude II 19 11 2019A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou o D-TISS, ferramenta que permite consultar a quantidade e o valor médio dos procedimentos (consultas, exames e cirurgias) realizados pelos beneficiários de planos de saúde. Os dados contemplam as informações assistenciais de natureza ambulatorial e hospitalar recebidas através do Padrão de Troca de Informações da Saúde Suplementar (TISS).

 

Nova versão - A nova versão do painel foi disponibilizada na quinta-feira (14/11) no portal da ANS e possibilita explorar e visualizar, de forma ágil e intuitiva, as informações assistenciais e financeiras consolidadas nos atendimentos da saúde suplementar. Além das melhorias técnicas efetuadas no sistema e do aprimoramento do formato de apresentação, a ANS atualizou os dados, disponibilizando informações relativas aos anos de 2015 a 2018. 

 

Visualização - O D-TISS permite visualizar as quantidades e os valores médios, por Unidade Federativa (UF), faixa etária, sexo e porte da operadora, de honorários praticados em procedimentos ambulatoriais (médicos, laboratórios, clínicas) e em procedimentos realizados em ambiente hospitalar nos estabelecimentos que prestam serviço às operadoras de planos de saúde. A nova versão do painel também passa a informar o número de prestadores de serviços que realizaram os procedimentos.

 

Clique aqui para acessar o painel.

 

Transparência - “O D-TISS é uma ferramenta que amplia a transparência no setor de saúde suplementar. Os dados disponibilizados são úteis tanto para pesquisadores e gestores de sistemas e serviços de saúde como para o próprio cidadão, que passa a ter acesso aos valores médios praticados no setor, reduzindo a assimetria de informação e possibilitando melhores escolhas”, avalia o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar. 

 

Estruturação - “O novo painel está melhor estruturado e a organização das informações mais intuitiva, facilitando a consulta aos procedimentos. Além disso, permite a visualização dos dados através de gráficos e mapas, melhorando muito a experiência do usuário”, complementa Rodrigo, destacando que as melhorias só foram possíveis graças ao aprimoramento do próprio TISS.

 

Base de atendimentos - O novo D-TISS foi estruturado a partir de uma base de atendimentos realizados na saúde suplementar aplicando-se uma metodologia específica. Foram excluídos, por exemplo, procedimentos com valores atípicos, com dados inconsistentes e referentes a operadoras que enviaram para a ANS volume insuficiente de informações. Os dados serão atualizados periodicamente na ferramenta.

 

Sobre o Padrão TISS - A Troca de Informações na Saúde Suplementar (TISS) foi estabelecida como um padrão obrigatório para as trocas eletrônicas de dados assistenciais dos beneficiários de planos de saúde entre os agentes da saúde suplementar. O objetivo é padronizar as ações administrativas, subsidiar as ações de avaliação e acompanhamento econômico, financeiro e assistencial das operadoras e compor o Registro Eletrônico de Saúde. 

 

Possibilidades - A disponibilidade dos dados permite a interoperabilidade entre os sistemas de informação em saúde preconizados pela ANS e pelo Ministério da Saúde, e ainda a redução da assimetria de informações para o beneficiário de plano de saúde.  (ANS)

 

Saiba mais sobre o TISS.

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias