Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INTERNACIONAL: Fed mantém taxa de juros na faixa entre 1,5% e 1,75%

 

 

cabecalho informe

INTERNACIONAL: Fed mantém taxa de juros na faixa entre 1,5% e 1,75%

 

internacional 12 12 2019O Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) manteve a sua taxa de juros de referência estável, na faixa entre 1,5% e 1,75%, como era amplamente esperado pelos mercados financeiros.

 

Conforto - Depois de reduzir os juros nas últimas três reuniões, para proteger a economia americana contra os efeitos das tensões comerciais e da desaceleração econômica global, o comunicado divulgado nesta quarta-feira (11/12), após a decisão dos membros do Fed, indicou conforto em manter a política monetária estável até o fim do ano que vem, enquanto monitora os riscos.

 

Postura apropriada - O comunicado disse que "o comitê avalia que a postura atual de política monetária é apropriada para dar suporte à expansão sustentada da atividade econômica, às fortes condições do mercado de trabalho e à inflação próxima da meta simétrica de 2%". Sinalizando uma maior confiança, foi suprimida do texto do relatório a frase de que "incertezas sobre estas perspectivas permanecem", usada no comunicado da decisão de outubro.

 

Pressões inflacionárias - O texto também ressaltou, mais uma vez, as pressões inflacionárias, que permanecem fracas, e os desenvolvimentos globais como riscos a serem

monitorados. A decisão de manter os juros estáveis foi unânime.

 

Crescimento - As novas projeções publicadas mostram que a maioria dos integrantes do Fed acredita que a taxa de juros está baixa o suficiente para estimular o crescimento. Eles esperam que, caso as perspectivas econômicas se mantenham como estão, eles poderão manter a taxa de juros estável até o fim de 2020 e, nesse caso, a maioria deles vê o Fed elevando os juros uma ou duas vezes posteriormente.

 

Frase - O banco central dos EUA removeu uma frase de seu comunicado de política monetária que apontava para uma incerteza persistente sobre as perspectivas econômicas, possivelmente refletindo uma maior confiança entre os formuladores de políticas sobre a economia.

 

Monitoramento - Ao mesmo tempo, o Fed diz que continuará monitorando as informações recebidas, "incluindo desenvolvimentos globais e pressões inflacionárias fracas, para avaliar o caminho apropriado" para a política monetária. Esse posicionamento sugere que, embora o banco central americano espere manter as taxas de juros em um período de pausa, um corte ainda é mais provável do que um aumento nas taxas. (Valor Econômico)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias