COCARI: Cooperados aprovam balanço patrimonial de 2019 e planejamento para 2020

Conforme determina a Lei 5764/71, as cooperativas de produção agropecuária, entre outras, exceto as de crédito, devem realizar assembleias até 31 de março de cada ano. Dessa forma, a Cocari publicou edital de convocação em 7 de março de 2020 para realização de Assembleias Extraordinária e Ordinária no dia 20 de março. Em função da pandemia do coronavírus, a Organização Das Cooperativas Brasileiras – OCB formulou consulta aos órgãos competentes sobre a possibilidade de dilação do prazo limite de 31 de março para realização das assembleias, assegurando assim a validade dos atos tomados pelos dirigentes após esta data, porém no caso de cooperativas de produção agropecuária não obtivemos autorização formal.

Medidas - Em função do exposto, a cooperativa respeitou a legislação em vigor e adotou todas as medidas de segurança vigentes, de forma especial, a utilização de álcool gel, distância mínima entre as pessoas e o número de participantes, também, atendeu à Lei 5764/71 e decretos vigentes em 20/03/2020 referentes à pandemia.

AGO E AGE - Assim, cumprindo as orientações legais e sanitárias vigentes no país e obedecendo a Lei 5.764/71, que determina o prazo de realização das Assembleias Ordinárias das cooperativas de produção, a Cocari realizou as Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária no dia 20 de março, respeitando as medidas de cautela necessárias.

Participantes - Prestando contas aos cooperados sobre o exercício de 2019 e apresentando o planejamento para o ano de 2020, a Cocari reuniu diretores, representantes dos Conselhos de Administração e Fiscal, cooperados, colaboradores e assessores na Associação Atlética da cooperativa, em Mandaguari-PR.

Pré-assembleias - A Assembleia Geral Ordinária tratou do balanço patrimonial do exercício de 2019 e a aprovação do planejamento para 2020. Os temas abordados foram debatidos previamente nas pré-assembleias realizadas nas regiões de ação da Cocari, das quais participaram 2002 pessoas, nos municípios do Paraná, Goiás e Minas Gerais. Ao todo, foram feitas 30 reuniões com os associados e representantes da cooperativa.

Orientações aos cooperados - O presidente da Cocari, Vilmar Sebold, enfatizou que neste momento não é possível paralisar as atividades da cooperativa. “É preciso ter sabedoria para haver uma preparação para o futuro. Cada um deve fazer o que estiver a seu alcance. Na cooperativa, os associados devem procurar resolver o que for possível por telefone, agendar o atendimento e, a partir disso, as unidades se organizarão para atenderem uma pessoa por vez”, recomendou.

Prosseguimento das atividades - O vice-presidente da cooperativa, Marcos Trintinalha, destacou que as assembleias são a fase final daquilo que já foi debatido nas pré-assembleias. “Nessas reuniões, tivemos uma discussão mais aprofundada e foi nesses encontros que ocorreram as definições. Na assembleia, os números foram novamente apresentados e se aprovou o balanço. Sabemos que a cooperativa não consegue continuar trabalhando se não tiver suas contas e os balanços aprovados. Agradecemos aqueles que compareceram para que houvesse continuidade no processo de trabalho dentro da cooperativa”, salientou.

Respeito ao cooperado - Para o cooperado Paulo Paggi, de Mandaguari-PR, a AGO foi feita com responsabilidade, demonstrando respeito pelos cooperados. “A cooperativa mostrou preocupação com o que está sendo noticiado na mídia e fomos recebidos com o zelo necessário”. O cooperado ressaltou a transparência nas apresentações da assembleia. “É preciso destacar a sinceridade da diretoria, expondo as demonstrações, as sobras, o que está acontecendo realmente na cooperativa”. Segundo Paggi, os produtores podem confiar no trabalho da Cocari. “Nós, produtores, temos que acreditar que estamos sendo bem guiados, com responsabilidade, com visão lá na frente, e saber que nós vamos sobreviver. Nós somos os responsáveis pela produção de alimentos para todos e a cooperativa é nossa fortaleza diante disso tudo. Nós temos que acreditar que somos vencedores. A cooperativa está demonstrando isso realizando um trabalho responsável nos momentos bons e também nos de crise, acreditando nos números e olhando para o futuro”, disse.

Preservação da vida - No entendimento do presidente da Cocari, Vilmar Sebold, a responsabilidade de assumir mais um mandato não se restringe ao compromisso com os associados e colaboradores, mas também com suas famílias e com a sociedade em que a Cocari está inserida. “Temos diversos programas sociais e ambientais. Além disso, com a intercooperação com a Aurora e a sociedade com a Coonagro, em que estão reunidas nove cooperativas, temos uma grande quantidade de pessoas pelas quais a Cocari é responsável. A prioridade dessa nova gestão será preservar a vida das pessoas e preservar a cooperativa, para que ela tenha condições de ser um esteio tanto para os colaboradores quanto para os produtores”, afirmou.

Agradecimentos - Segundo o vice-presidente da cooperativa, Marcos Trintinalha, para a eleição, foi realizado um treinamento com algumas lideranças dentro da comunidade onde a Cocari atua e formou-se uma chapa representando diversos setores dentro da cooperativa. “Agradecemos a confiança do cooperado em querer que nós continuemos aqui e gostaríamos de pedir para que fiquem tranquilos, porque continuaremos fazendo o melhor, sempre focados e voltados para as necessidades dos nossos associados, independentemente do tamanho de sua propriedade. A diretoria assume esse compromisso de continuar esse processo de seriedade e responsabilidade”, finalizou.

Conselho de Administração:

Vilmar S. Sebold - Presidente do Conselho de Administração

Marcos Antonio Trintinalha – Vice-Presidente do Conselho de Administração

João Carlos Obici – Diretor Executivo

Carlos Roberto Favoretto

Celso Santana de Oliveira

Dorival Malacario

João Paulo da Rocha

José Carlos Rosseto

Mauro Rodrigues da Silva

Ricardo Taliari

Waldemar Leandro Renzi Pimentel

Conselho Fiscal:

Membros Efetivos:                                    

Antonio Marcos Sossai                    

Miqueias Tagliari                             

Aguinelo Luiz Feltrin                        

Suplentes:

Erik Henrique Trovo Bonini              

José Flávio Bernal Gomes                

Valter Luiz Milani                            

(Imprensa Cocari)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn