Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COCAMAR: Colheita da safra amplia a oferta de alimentos

 

 

cabecalho informe

COCAMAR: Colheita da safra amplia a oferta de alimentos

Se de um lado a crise do coronavirus paralisa a cidade, de outro o campo não pode parar. No interior de São Paulo, cooperados da Cocamar Cooperativa Agroindustrial que participam com o plantio de soja de um projeto de reforma de áreas de canaviais, estão finalizando a colheita. A soja é uma das principais matérias-primas utilizadas pela indústria de alimentos e também de ração para a criação de animais voltados à produção de carnes.

Cultivo intercalado - Chamado de Meiosi (cultivo de soja intercalado a fileiras de mudas de cana), o projeto com extensão de 5,2 mil hectares representa a abertura de uma nova fronteira agrícola numa região onde isto parecia improvável. Todos ganham com isso: a usina Cocal, dona das terras, que precisa reformar as áreas para ampliar a produtividade e, graças à parceria, não tem desembolsos; os produtores, que aumentam seus espaços em região próxima do Paraná; a Cocamar, por cumprir sua função social e, ao mesmo tempo, fornecer insumos e receber a safra; a comunidade local, com a geração de mais renda na economia; e a população em geral, pela oferta de mais proteína vegetal que se transforma em alimentos.

Sertanópolis - Em Narandiba, a 30km da divisa com o Paraná, os irmãos Fabiano e João Paulo Rossi, cooperados em Sertanópolis (PR), estão entre as 19 famílias de produtores selecionados pela cooperativa para inaugurar o projeto, na safra de verão 2019/20. Eles concluíram os trabalhos na quarta-feira (25/03) e gravaram um vídeo ainda dentro da colheitadeira para agradecer a oportunidade de participar da iniciativa. “Colhemos uma safra excelente, deu tudo certo e queremos continuar no próximo ano”, afirmou Fabiano.

Média de produtividade - Cultivando os solos arenosos de Narandiba eles alcançaram uma média de produtividade semelhante à da terra roxa em Sertanópolis, ao redor de 60 sacas por hectare. A partir de um patamar de produtividade é que os arrendatários – coordenados pela Cocamar, começam a pagar um percentual de renda para a Cocal.

Médias finais- O gerente de negócios da Cocamar, Marco Antonio de Paula, afirma que as médias finais devem variar de uma região para outra. A colheita deve estar finalizada no começo de abril. (Imprensa Cocamar)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias