Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias DIA C: Semana da Cooperação encerra com apresentação especial do Espaço Sou Arte

 

 

cabecalho informe

DIA C: Semana da Cooperação encerra com apresentação especial do Espaço Sou Arte

A Semana da Cooperação, organizada pelo Sistema Ocepar e que teve início no sábado, 4 de julho, Dia Internacional do Cooperativismo, encerrou sexta-feira (10/07) com a última live conduzida pelo palhaço Alípio e com uma apresentação especial do grupo Espaço Sou Arte, de Campo Mourão (PR). Foram, ao todo, seis lives, com um mais de cinco mil visualizações pela TV Paraná Cooperativo do Youtube, com muita diversão, cultura, alegria e ações solidárias.

Sou Arte - Para Edilaine Castro, diretora artística do Grupo Sou Arte, participar novamente do Dia C, mesmo de forma virtual, “foi uma alegria para todos os componentes do grupo que fizeram questão em dar o seu melhor”. O Espaço Sou Arte existe há 18 anos e tem por base o teatro, circo e dança, “além do trabalho social”, lembra Edilaine. O grupo é formado por artistas, a maioria jovens oriundos de projetos sociais, que viviam em situação de vulnerabilidade e que hoje sobrevivem da arte.

Painel do Bem - Durante a semana, o Painel do Bem foi registrando o número de cooperativas que inscreveram seus projetos no portal do Dia C do Sistema OCB. Na sexta-feira (10/07) já eram 199 cooperativas paranaenses, com 555 ações, mobilizando cerca de 37,1 mil voluntários, beneficiando 800 mil pessoas abrangendo um total de R$ 6,5 milhões disponibilizados em toneladas de alimentos, álcool gel, máscaras de proteção, lençóis para hospitais, respiradores etc.

Abertura - A última live da Semana da Cooperação foi aberta oficialmente pelo superintendente da Fecoopar, Nelson Costa, que destacou a forma diferente de celebrar a cooperação neste ano, devido à pandemia. “Centenas de atividades foram realizadas nesta semana pelo Sistema Ocepar e pelas cooperativas. Das 221 cooperativas do Paraná, 199 já estão inscritas com projetos do Dia C até o momento. Nesses dias, milhares de pessoas tiveram oportunidades de participar e assistir às programações de forma digital”. Costa lembrou que o Dia C não encerra agora, “a programação vai até o final do ano, com o propósito de conscientizar um maior número de pessoas para a prática da cooperação, inclusive, nosso slogan é: todo dia é dia de cooperar, que induz as pessoas a inserirem nas suas vidas, no seu cotidiano a cooperação”, frisou.

História - Costa destacou ainda a importância de lembrar onde tudo começou. “Retornar à origem do cooperativismo, em 1844, quando 28 tecelões ingleses, em Rochadele, decidiram se organizar para fazer comprar em comum, mal sabiam eles que aquela iniciativa daria origem a um sistema que hoje congrega mais de 1,2 bilhão de pessoas em todo mundo. O propósito deles, na época, era comprar alimentos e bens de consumo mais barato e, por isso, decidiram se organizar economicamente. Essa data marca a primeira experiência de cooperação de pessoas para atingir objetivos econômicos. Existem outras experiências de cooperação como, por exemplo, grupos indígenas que ainda hoje vivem organizados em comunidades, quase como se fosse uma cooperativa, mas o objetivo deles está focado mais na área social. A iniciativa do grupo de tecelões de 1844 ocorreu de forma organizada e com uma característica importante - a união das pessoas na área econômica, cuja característica permeia o cooperativismo até hoje”, ressaltou.

Transformações - “Importante destacar que cooperar e transformar andam juntos. Quando nós falamos em cooperar, estamos, ao mesmo tempo, buscando a transformação de algo para atender nossas necessidades. E, nesse sentido, ao examinar a origem de nossas cooperativas, vamos verificar que seu propósito sempre foi transformar alguma coisa para atender as necessidades econômicas das pessoas. E temos vários exemplos de cidades onde há uma cooperativa o progresso é maior do que onde não há nenhuma. Dentre essas cidades, destacamos Cafelândia, Ubiratã, Entre Rios, Castro, Carambeí e a Colônia Witmarsum, no Paraná, dentre outras, ou seja, a cidade e a cooperativa cresceram de forma harmônica, juntas”, exemplificou Costa.

Organização - “Sou de uma região aqui próximo a Curitiba – conta Nelson -, onde não existe cooperativa, os agricultores ainda estão à mercê da falta de assistência técnica, armazéns, secadores e a comercialização ainda é com os intermediários, os agricultores vivem com dificuldades. As mesmas que já foram superadas em regiões onde há cooperativa, porque a cooperativa é uma organização das próprias pessoas e são eles que decidem o que é melhor para a sociedade”.

Origem do Dia C - Costa também lembrou que este movimento chamado Dia de Cooperar, nasceu em Minas Gerais, em 2009, “com propósito do cooperativismo interagir com a sociedade, mostrar suas realizações, divulgar seus trabalhos – inicialmente, uma ação de voluntariado. Ao longo desses anos e, especialmente neste ano com a pandemia, vamos ter um período maior de atividades do Dia C, é importante retornamos à essência da cooperação – cooperar para transformar algo para o bem comum”.

Novos projetos - “E, falando em cooperar e transformar, é importante debater, e os projetos apresentados até agora, aqueles que vão nesta linha, por meio da cooperação - transformam a vida das pessoas nas diversas regiões. Por exemplo, a necessidade do uso de máscara despertou o interesse pela costura de milhares de pessoas, que estão tirando seu sustento dessa atividade. Esperamos que brevemente voltemos à normalidade e não precisemos mais usar máscara, porém, essas pessoas estão capacitadas e vão ficar sem atividades. Que tal se nós incentivarmos que elas se organizem em cooperativas, apoiadas pelas cooperativas agropecuárias, de crédito, de saúde e tantas outras, para fazer uniformes para seus trabalhadores – e esse exemplo pode ser estendido para outras atividades. Então, vamos aproveitar esse período para estimular a cooperação entre as pessoas das comunidades, para se organizarem economicamente – procurando despertar a cooperação e, com isso, desenvolver as pessoas”, propôs Costa.

Clip - O encerramento da sexta live da Semana da Cooperação foi realizada pela apresentação de um clip especialmente produzido pela Realiza Vídeo, com integrantes da diretoria executiva e funcionários do Sistema Ocepar que trabalharam diretamente para que toda esta programação fosse executada. O texto que foi lido faz parte do Manifesto do DNA da Marca do Sistema Ocepar: Cooperar. Se tem uma palavra, capaz de traduzir o nosso propósito, é essa!

Assista aqui ao clip do manifesto.

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias