cabecalho informe

REUNIÃO INSTITUCIONAL II: Objetivos do novo planejamento do cooperativismo paranaense são apresentados à Credicoopavel

“O Sistema Ocepar continua com trabalho remoto. Todos os nossos colaboradores estão em home office há 120 dias, mas nenhuma atividade parou”, disse o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Paraná (Sescoop/PR), Leonardo Boesche, ao abrir na tarde desta terça-feira (14/07), a reunião institucional com a Credicoopavel – cooperativa de crédito rural com sede em Cascavel, no Oeste do Paraná. Participaram da reunião, os diretores da Credicoopavel Mario José Zambiazi (Administrativo) e Paulo Aparecido Arantes (Financeiro), e os conselheiros Irio Barte (Administração) e Paulo Roberto Orso (Fiscal). Pelo Sistema Ocepar, além de Leonardo Boesche, participaram: Leandro Macioski (coordenador de Cooperativismo), e os analistas Jessé Rodrigues e Maiko Zanella. 

Novas rotinas - Esta é a 34 ª reunião institucional promovida pelo Sistema Ocepar neste ano, no formato virtual. “Esta pandemia está nos impondo novas rotinas, porém, estão sendo percebidas vantagens e benefícios nisso, principalmente, no que se refere ao online. Esta é a sétima reunião que participo hoje. Tivemos, inclusive, um evento com um palestrante internacional. Se fosse no modelo presencial, isto seria muito mais difícil. São novos tempos, mas que não vão nos afastar do nosso propósito que é contribuir para o desenvolvimento das cooperativas”, comentou.

Plano de trabalho - As reuniões institucionais fazem parte do plano de trabalho do Sistema Ocepar. O objetivo é levar informação sobre assuntos que interessam às cooperativas, bem como apresentar os dados compilados pelo Programa de Autogestão, utilizado para acompanhamento da situação econômico-financeira das cooperativas associadas ao Sistema Ocepar. Nessas ocasiões, também são tratados assuntos referentes ao Sescoop/PR, principalmente, os projetos de formação e promoção social viabilizados pela entidade do Sistema S do cooperativismo, com uma análise do que a cooperativa em questão vem utilizando, em termos de recursos e solicitação de projetos, e as possibilidades que estão à sua disposição. 

Pauta – Em 2020, o calendário de reuniões foi mantido, porém, em formato virtual, em função da pandemia da Covid-19. A pauta dos encontros também traduz o momento. Os assuntos tratados incluem análise dos impactos da pandemia do novo coronavírus, inclusive no cenário econômico, e as ações estratégicas desenvolvidas pelo Sistema Ocepar, em alinhamento com a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), para apoiar as cooperativas. Estas medidas abrangem a criação de Comitê de Acompanhamento da Covid-19, formado pela diretoria executiva do Sistema Ocepar, gerentes e coordenadores de área, e que atua com o objetivo de analisar os reflexos econômicos e sociais da pandemia e monitorar e contingenciar os impactos nas cooperativas, além de reuniões com o Ministério da Agricultura, Governo do Estado e bancos públicos e privados, com a finalidade de discutir caminhos para minimizar os efeitos da crise para o setor cooperativo e a sociedade.

Novo planejamento - Outro assunto tratado é a atualização do planejamento estratégico do cooperativismo paranaense. “Estamos iniciando um novo processo de planejamento. O atual, o PRC 100 (Paraná Cooperativo 100), que tem como meta atingir o faturamento de R$ 100 bilhões, deve ser atingido este ano. Teremos uma reunião no dia 28 de julho, com todos os presidentes das nossas cooperativas, para discutir o formato e a meta desse novo planejamento, que inicialmente estamos chamando de PRC 200. Parece inviável, no momento, falar em meta de R$ 200 bilhões de faturamento. Mas temos que ter visão de futuro, pensar e nos organizar de forma diferente. Este novo planejamento precisa trazer essa visão”, disse o superintendente do Sescoop/PR.

Pilares - Segundo ele, a intercooperação e a inovação serão um dos pilares desse novo planejamento. “Estes dois temas precisam estar nesse contexto, para que possamos sair dessa crise mais fortalecidos”, afirmou. Boesche lembrou que, em relação à inovação, na próxima sexta-feira, dia 18, será realizado o lançamento da segunda turma do Programa de Inovação do Cooperativismo Paranaense. “Tivemos muito sucesso na primeira. O que facilita e incentiva a participação é o objetivo de entender melhor a inovação e organizar processos que possibilitem a inovação nas cooperativas”, comentou.

A Credicoopavel - A Credicoopavel foi fundada por 52 sócios em 24 de novembro de 1981, com objetivo de prestar serviços de natureza bancária aos produtores rurais locais. O seu diferencial é não ser um banco, mas uma cooperativa de crédito rural, portanto, seu objetivo é buscar o crescimento e progresso social para todos os seus nossos associados. Possui 6,5 mil cooperados e R$ 210 milhões em ativos de crédito. No ano passado, atingiu R$ 32 milhões de faturamento, sendo que para este ano a estimativa é chegar a R$ 37,6 milhões.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias