Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias IBGE I: Abate de suínos cresce no 2º trimestre de 2020 e chega a 12 milhões de animais

 

 

cabecalho informe

IBGE I: Abate de suínos cresce no 2º trimestre de 2020 e chega a 12 milhões de animais

A produção pecuária do Brasil registrou queda no abate de bovinos e frangos no segundo trimestre de 2020. Apenas o abate de suínos cresceu, tanto na comparação com o primeiro trimestre de 2020 quanto no confronto contra o segundo trimestre de 2019.

Comparação - Na comparação com o mesmo período do ano passado, o abate de bovinos caiu 9,7% e o de frangos, 1,6%, enquanto o de suínos cresceu 5,9%.Já contra o trimestre passado, houve diminuição de 1,2% no abate dos bovinos e 7,2% no de frangos, ao passo que o abate de suínos também cresceu nesta comparação, 1,6%.

Primeiros resultados - Os dados são os primeiros resultados da Estatística da Produção Pecuária para o segundo trimestre de 2020, divulgada nesta quinta-feira (13/08) pelo IBGE. O resultado definitivo será apresentado no dia 10 de setembro.

Suínos - A pesquisa preliminar aponta que foram abatidas 12,07 milhões de cabeças de suínos. O peso acumulado das carcaças registrou 1,10 mi de toneladas, uma alta de 8,2% em relação ao segundo trimestre de 2019. Em comparação com o trimestre anterior, o aumento foi de 3,2%.

Bovinos - Foram abatidas 7,17 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Já a produção de carcaças bovinas foi 1,85 milhão de toneladas, número que representa uma queda de 6,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e aumento de 0,5% em relação ao primeiro trimestre de 2020.

Frango - A pecuária brasileira também abateu, de acordo com o estudo, 1,40 bilhão de cabeças de frango no segundo trimestre de 2020. O peso acumulado das carcaças foi de 3,21 milhões de toneladas, o que representa -4,0% em relação ao segundo trimestre de 2019 e -7,7% frente ao primeiro trimestre de 2020.

Aquisição de leite e couro caem, produção de ovos sobe - A pesquisa mostra que a aquisição de leite cru, feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária federal, estadual ou municipal, foi de 5,69 bilhões de litros no segundo trimestre de 2020. Este número significa uma redução de 2,9% em comparação ao segundo trimestre de 2019 e queda de 9,7% no confronto contra o trimestre anterior.

Curtumes - Os primeiros resultados da Pesquisa Trimestral do Couro apontam que os curtumes declararam ter recebido 7,25 milhões de peças inteiras de couro cru no segundo trimestre de 2020, quantidade que representa queda de 13,7% em comparação ao segundo trimestre de 2019 e redução de 3,6% em relação ao trimestre anterior. O estudo investiga apenas os curtumes que efetuam o curtimento de, pelo menos, 5 mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano.

Ovos de galinha- Já a produção de ovos de galinha foi de 965,41 milhões de dúzias no segundo trimestre de 2020. Esta quantidade mostra estabilidade frente à produção do trimestre anterior e um aumento de 1,9% em relação ao mesmo trimestre de 2019. (Agência IBGE de Notícias)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias