cabecalho informe

REUNIÃO INSTITUCIONAL: Cooperativa pede ajuda da Ocepar para facilitar movimentação na fronteira com o Paraguai

Na tarde desta segunda-feira (28/09), durante reunião com representantes do Sistema Ocepar,  a diretoria da Cooperativa dos Caminhoneiros de Foz do Iguaçu e Região (Trascoopercam), com sede em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, solicitou à  entidade que faça gestões junto às autoridades brasileiras para facilitar a movimentação dos cooperados pela aduana Brasil/Paraguai, pois, segundo os diretores, ao cruzar a fronteira a trabalho, são obrigados a ficar no país vizinho de três a quatro dias em local sem estrutura e sem poder nem mesmo sair dos caminhões. Ocorre que a fronteira está fechada como medida de prevenção ao coronavírus, situação agravada com o excesso de burocracia imposto pelas autoridades aduaneiras, dificultando o trabalho deles, mesmo o transporte sendo considerada uma atividade essencial. 

Encaminhamento - O coordenador de Monitoramento, João Gogola Neto, que abriu a reunião, a 71ª na modalidade virtual, disse que o Sistema Ocepar vai levar a demanda da Trascoopercam à Organização das Cooperativa Brasileiras (OCB), em Brasília, para que a entidade nacional articule o encaminhamento do pedido a setores do governo federal visando encontrar uma solução para o problema, bem como para algumas questões pontuais do lado brasileiro, referentes basicamente à burocracia policial e fiscal.  A Ocepar e a OCB, mesmo virtualmente devido à pandemia da Covid-19, têm afinado ainda mais a sintonia para o encaminhamento e busca de atendimento às demandas das cooperativas junto às autoridades e instituições federais.

Encontro - As reuniões institucionais objetivam fazer a apresentação e discussão da situação econômico-financeira da cooperativa através de indicadores e comparativos com outras organizações paranaenses do mesmo ramo e região. O acompanhamento do desempenho ajuda a manter a qualidade da gestão, credibilidade perante terceiros, transparência perante o quadro social e, principalmente, a solidificação do sistema cooperativista. No encontro,  o coordenador de Monitoramento detalhou as ações que o Sistema Ocepar tem realizado no desempenho de sua função institucional e, especificamente, aquelas voltadas para o ramo transporte.

Agenda - Da pauta da reunião, constaram as apresentações sobre  Perspectivas de Mercado, a cargo do analista de Desenvolvimento Técnico da Getec, Jhony Moller; Cenário Econômico de Financeiro do Cooperativismo Paranaense e da Trascoopercam, pelo analista Técnico da Gecoop, Rodrigo Donini, e Atividades Finalísticas do Sescoop/PR, pela analista técnico da Gecoop, Cristina Moreira.

Cooperativa – Liderados pelo presidente Elvis Alexandre Trentini, a diretoria da Trascoopercam recepcionou o Sistema Ocepar em encontro que durou cerca de duas horas. A cooperativa, que tem 61 cooperados, faturou R$ 1,88 milhão em 2019. 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias