cabecalho informe

UNIMED CASCAVEL: Colaboradores doam sangue para 132 pessoas

unimed cascavel 25 11 2020O que você seria capaz de fazer para salvar a vida de alguém que está em perigo? Esta não é uma pergunta hipotética, pois faz parte de uma realidade diária no mundo inteiro, e também não é necessário pular de um precipício ou entrar em um prédio em chamas. Existe uma ação 100% segura, necessária e eficiente para aumentar as chances de vida de uma multidão de pessoas. 25 de novembro é o Dia Internacional do Doador de Sangue.

Recomendação - A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é clara: para que a vida humana tenha mais segurança, de 3,5% a 5% da população de cada país deve doar sangue. O problema é que, no Brasil, esse número não chega a 2%. Isso representa um drama para pacientes com distúrbios crônicos, a exemplo dos hemofílicos, ou mesmo para quem está na fila de cirurgias e transplantes que só podem ocorrer com estoques garantidos nos bancos de sangue.

Medo - Medo de agulha não justifica. Também não há razão para acreditar na série de mitos que envolvem o tema. Por isso, é importante destacar: doar não engrossa nem afina o sangue, não entope nem seca as veias, não provoca anemia, não engorda nem emagrece, não oferece perigo às mulheres no período de menstruação e não risco de contaminação para ninguém.

Incentivo - A Unimed Cascavel defende a vida e, por isso, incentiva a doação. Em 2020, a cooperativa manteve o estímulo para que colaboradores fossem até o Hemocentro da cidade para se tornarem doadores. Ao todo, 33 pessoas aceitaram e, juntas, beneficiaram outras 132 vidas humanas. Além disso, os doadores da Unimed Cascavel somaram um estoque de 47 bolsas no Banco Virtual de Sangue, que é uma garantia para essas pessoas, caso elas próprias ou familiares venham a precisar de doação.

Em qual grupo você está? - Entre as possibilidades de estar no grupo que doa, do que não doa ou do que precisa de doação, o analista de contas médicas Marcelo Caiado prefere estar no primeiro. “Comecei a doar aos 18 anos e sempre considerei uma forma rápida e fácil de ajudar o próximo. Mas também já tive no terceiro grupo, pois já tive muitos familiares que precisaram receber sangue, por isso sei o quanto é necessário. Doo sem medo e, depois, tenho a melhor sensação possível, que é a certeza de ter ajudado alguém.”

Como doar? - Ao chegar no Hemocentro, o (a) candidato (a) a doador (a) faz um cadastro, passa por uma triagem clínica, pela coleta de sangue e por fim, recebe um lanche. Conforme as normas técnicas do Ministério da Saúde, há critérios que permitem ou impedem a doação. As principais são:

• Levar documento oficial com foto

• Estar em boas condições de saúde

• Ter entre 16 e 70 anos incompletos

• Pesar mais de 50kg

• Não estar em jejum

Localização - O Hemocentro de Cascavel fica na Rua Avaetés, 370 – Santo Onofre. Os horários são agendados. O telefone de contato é o (45) 3226-4549.

Restabelecimento - Finalizada a doação, o corpo do doador começa a se restabelecer quase que imediatamente. A reposição do volume de plasma ocorre em 24 horas e a dos glóbulos vermelhos em quatro semanas. Quanto ao índice de ferro, homens precisam de oito semanas (e mulheres, 12) para retornarem aos números normais. É por esse motivo que o público masculino pode doar sangue a cada dois meses, enquanto que o prazo para o público feminino é de três.

Células da vida - Além das campanhas de doação de sangue, em 2020 a Unimed também colocou em prática três edições do cadastro de doadores de medula óssea, com a participação de 89 colaboradores. A, analista Vanessa Boff dos Santos, do setor de Regulação de Rede, fez parte do primeiro grupo a se cadastrar no banco de doadores de medula. “Logo que chegamos, eles nos explicaram que estamos no cadastro e, havendo compatibilidade com alguém que precise, seja onde for, podem nos chamar. Eu decidi participar porque considero esse um ato de doação de vida, de amor e de empatia. Não doeu nada e, agora, sinto uma gratidão imensa por saber que posso ajudar alguém que nem imagino quem seja, mas que pode continuar vivendo com a minha ajuda”.

Jeito de Cuidar - Essa ação promovida pela Unimed Cascavel faz parte da iniciativa Jeito de Cuidar Unimed, que visa aumentar a qualidade e a eficiência do atendimento, elevando o nível de percepção da essência da marca: vocação para cuidar de pessoas. (Imprensa Unimed Cascavel)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias