Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias SAÚDE III: Vacinas chegam às 22 Regionais de Saúde do Paraná

 

 

cabecalho informe

SAÚDE III: Vacinas chegam às 22 Regionais de Saúde do Paraná

saude III 20 01 2021Pouco mais de 24 horas depois de desembarcarem no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, as doses da vacina contra a Covid-19 chegaram nas 22 Regionais de Saúde do Paraná. Segundo balanço parcial da Secretaria de Estado da Saúde, pelo menos 192 municípios já receberam os imunizantes.

Cascavel - As últimas doses chegaram a Cascavel, na região Oeste, por volta das 22 horas desta terça-feira (19/01), por via terrestre. O atraso foi provocado pelas condições climáticas, que impossibilitaram o pouso programado para as 15h55 da aeronave que sairia de Pato Branco. Elas iriam abastecer as regionais de Cascavel, Foz do Iguaçu e Toledo.

Distribuição - Dessa maneira, mesmo diante dos desafios logísticos provocados pelo mau tempo, o Estado distribuiu os imunizantes em apenas um dia. A previsão é de entrega a todos os 399 municípios nas primeiras horas desta quarta-feira (20/01). A aplicação é de responsabilidade das secretarias municipais de Saúde, diante dos critérios do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

Força-tarefa - O Governo do Estado montou uma verdadeira força-tarefa, que incluiu três aeronaves, helicópteros e uma frota de caminhões, para que os imunizantes fossem entregues nas Regionais. O Paraná recebeu do Ministério da Saúde 265.600 doses da Coronavac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Metade deste lote foi distribuída para a primeira aplicação nos profissionais da saúde, indígenas, idosos institucionalizados e pessoas com deficiência severa.

Outro lote - O outro lote será encaminhado após três semanas, que é o intervalo de aplicação. O armazenamento está sendo feito no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), que conta com ampla estrutura de freezers e câmaras frias, além de questões de segurança.

Compromisso - “O compromisso do Governo do Estado sempre foi buscar o melhor para a população paranaense, para distribuir vacinas que fossem certificadas pela Anvisa, respeitando o Programa Nacional de Imunização (PNI)”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “A Coronavac, que está sendo distribuída agora, garante que, no mínimo, não haja casos graves da doença. É um passo adiante para cuidar do povo. E ainda vamos receber mais vacinas”.

Chegada - O município de Curitiba retirou suas doses pela manhã, na sede do Cemepar. Os insumos para as demais cidades da 2ª Regional foram encaminhados por via terrestre. Foi também por veículos que as ampolas chegaram ao Litoral (1ª Regional), em Ponta Grossa (3ª) e União da Vitória (6ª).

Norte - A aeronave que, ainda pela manhã, pousou no Aeroporto Municipal de Londrina, levou imunizantes das regionais de Londrina (17ª), Cornélio Procópio (18ª) e Jacarezinho (19ª). A primeira profissional da saúde do município-sede a ser vacinada foi enfermeira Fátima de Oliveira Hirth Ruiz, que trabalha no Hospital Universitário de Londrina e no Samu.

Surpresa - Ela foi a primeira a atender um caso de Covid-19 na cidade. “Fui pega de surpresa. Não peguei Covid ao longo de todo esse tempo, não me afastei, e agora é uma esperança de maior controle, de voltar ao normal”, disse.

Esperança - “Esperança é a palavra mais adequada para classificar a chegada das vacinas. Quero agradecer o Governo do Estado, que se empenhou na logística para que, tão logo chegassem no Paraná, as vacinas pudessem ser distribuídas de forma rápida e ágil aos municípios”, acrescentou o secretário municipal de Saúde de Londrina, Felippe Machado.

Maringá e Apucarana - Outro avião levou as doses até Maringá e Apucarana, chegando também às regionais de Campo Mourão (11ª), Cianorte (13ª) e Paranavaí (14ª). “Esta é uma parceria entre as secretarias municipais, a Secretaria Estadual e o Ministério da Saúde. Todos estamos pensando na vida, aqui não tem discussão política, ideológica, partidária e eleitoral, é o cidadão acima de tudo e em primeiro lugar”, afirmou o prefeito de Maringá, Ulisses Maia. Em um ato simbólico, cinco servidores do Hospital Municipal foram vacinados.

Francisco Beltrão e Pato Branco - As doses de Francisco Beltrão e Pato Branco chegaram na metade da tarde. Irati e Guarapuava receberam os imunizantes às 18h. Um pouco mais tarde, às 18h30, as vacinas chegaram em União da Vitória.

Balanço - Confira o balanço da Secretaria de Estado da Saúde. Receberam as doses e já distribuíram ou estão distribuindo aos municípios:

1ª RS – Paranaguá

2ª RS – Metropolitana

3ª RS – Ponta Grossa

4ª RS – Irati

5ª RS – Guarapuava

6ª RS – União da Vitória

7ª RS – Pato Branco

8ª RS – Francisco Beltrão

11ª RS – Campo Mourão

12ª RS – Umuarama

13ª RS - Cianorte

15ª RS – Maringá

16ª RS – Apucarana

17ª RS – Londrina

18ª RS – Cornélio Procópio

19ª RS – Jacarezinho

21ª RS – Telêmaco Borba

22ª RS – Ivaiporã

Entrega - Receberam as doses e começam a entrega aos municípios nesta quarta:

9ª RS – Foz do Iguaçu

10ª RS – Cascavel

14ª RS – Paranavaí

20ª RS – Toledo

(Agência de Notícias do Paraná)

FOTO: Jonathan Campos / AEN

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias