cabecalho informe

REVISTA PR COOPERATIVO: Edição de setembro destaca o início da implantação do PRC200

 

pr cooperativo 06 09 21A edição de setembro da Revista Paraná Cooperativo destaca o início da fase de implantação do PRC200, o planejamento estratégico do cooperativismo paranaense. O objetivo primordial é o desenvolvimento sustentável, criando mais oportunidades de renda e qualidade de vida às pessoas e comunidades. “O Plano Paraná Cooperativo 200 é uma tentativa de ir além. Nós podemos mais. Podemos sonhar com algo maior porque as cooperativas têm potencial para isso”, explica o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken. 

 

Metas - O novo ciclo do planejamento estratégico do cooperativismo do Paraná tem como metas projetadas: faturar R$ 200 bilhões, alcançar a marca de 4 milhões de cooperados, 200 mil funcionários diretos e R$ 10 bilhões em sobras do exercício, com investimentos anuais de R$ 5 bilhões. Em comparação com os indicadores fechados em 2020, o PRC200 almeja praticamente dobrar o montante faturado pelas cooperativas associadas à Ocepar, ampliando as sobras (recursos líquidos anuais) em mais de 60%, com a geração de 82 mil novos postos diretos de trabalho. O plano prevê ainda aplicar R$ 300 milhões em capacitação. Em específico ao ramo saúde, a projeção é de que as cooperativas vão ter 2,5 milhões de beneficiários ao fim deste ciclo de planejamento. 

 

Mapa estratégico - A estrutura do mapa estratégico do PRC200 é composta pelos alicerces (que sustentam as decisões estratégicas ancorados nos princípios e fundamentos do cooperativismo), os pilares (planos estratégicos estruturais para garantir desenvolvimento) e resultados (indicadores consolidados que vão nortear a evolução do sistema cooperativista). O objetivo geral do PRC200 é o desenvolvimento sustentável do cooperativismo paranaense. Para alcançar esse objetivo, é necessário compreender os desafios e as oportunidades que irão impulsionar o crescimento econômico e social das cooperativas, traduzi-los em planos e avaliar os resultados conquistados.

 

Entrevista - O entrevistado desta edição é o presidente da Cooperativa Agrária Agroindustrial, Jorge Karl. Aos 59 anos, o engenheiro agrônomo preside a cooperativa desde 1999. O dirigente considera a intercooperação uma estratégia viável de expansão produtiva, desde que seja realizada com objetivos de longo prazo. “A razão de ser de uma cooperativa é oferecer alternativas de renda e desenvolvimento a seus cooperados. Para isso, ela deve ser competitiva e se adaptar às demandas e aos diferentes cenários da economia”, afirma. 

 

União - Segundo o dirigente, unir forças pode ser o melhor caminho não apenas entre cooperativas que possuem afinidades culturais e atuam no mesmo segmento, mas também entre diferentes ramos de atividade. “Existem muitas possibilidades para novos negócios intercooperativos no Paraná, basta ser criativo e olhar as oportunidades que o mercado oferece”, avalia. 

 

Jornalismo - A revista também destaca o anúncio dos vencedores do 14º Prêmio Ocepar de Jornalismo, na tarde de 12 de agosto, por meio de evento digital transmitido pela TV Paraná Cooperativo, no Youtube. O Tema desta edição foi “Cooperativismo: força econômica e social que faz a diferença”. O concurso teve 86 trabalhos inscritos, dos quais 14 foram selecionados entre os melhores. Os participantes concorreram em seis categorias, com R$ 88 mil distribuídos em premiações. 

 

Clique aqui para conferir na íntegra a edição de setembro da revista Paraná Cooperativo

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias