Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COPROSSEL: Governador destaca novos investimentos sustentáveis da cooperativa

 

 

cabecalho informe

COPROSSEL: Governador destaca novos investimentos sustentáveis da cooperativa

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou, na sexta-feira (10/09), das comemorações de 30 anos da Cooperativa de Produtores de Sementes Coprossel, em Laranjeiras do Sul, na região central do Estado. Na solenidade, foi lançada a pedra fundamental da nova fábrica de ração para bovinos de corte e leite, com capacidade de produção de 32 mil toneladas por ano, que pode ser expandida para produzir ração para peixe.

Usina fotovoltaica - Também foi inaugurada uma usina fotovoltaica na Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), que vai gerar energia suficiente para atender quase toda a demanda da unidade. Uma segunda planta deve ser instalada para produzir energia também para a fábrica de rações.

Alinhamento - A iniciativa da Coprossel, destacou o governador, está alinhada a projetos do Governo do Estado para a geração de energia limpa, como o programa Paraná Energia Rural Renovável (RenovaPR), que dá apoio à geração distribuída de energia elétrica a partir de fontes renováveis, como solar, biogás e biometano, em unidades produtivas rurais. Para viabilizar esses projetos, o Estado mantém uma linha de crédito com juros subsidiados, por meio do Banco do Agricultor Paranaense.

Pequenos produtores - “Os pequenos agricultores paranaenses têm a mesma oportunidade que a Coprossel de instalar uma usina fotovoltaica. O Estado subsidia os juros do empréstimo para fazer projetos de energia solar para nossas granjas, aviários, para micro e pequenas cooperativas”, explicou Ratinho Junior. “Isso é planejar o futuro, promover o desenvolvimento econômico do Estado e fazer agricultura de ponta, moderna e sustentável que é exemplo para o mundo”.

Reconhecimento - “Graças a projetos como esse, o Paraná foi reconhecido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) como exemplo mundial de sustentabilidade”, disse o governador. “Estamos na era da agroecologia industrial, com respeito ao meio ambiente e proteção às bacias hidrográficas, matas ciliares e geração de energia sustentável”.

Cooperativismo - Ratinho Junior também ressaltou o papel das cooperativas do Paraná para promover o crescimento dos pequenos produtores e a industrialização dos alimentos. “O cooperativismo é uma mola propulsora para o desenvolvimento do Paraná e é tão importante que entrou para o currículo da rede pública de ensino”, afirmou.

Investimentos - A usina fotovoltaica da Coprossel possui 1.176 módulos de 390 Watts-pico (Wp), gerando 54,8 mil kWh de energia anualmente. Para o presidente Paulo Pinto, o investimento da unidade geradora vai além da economia de energia para a cooperativa, por meio da captação da energia solar, mas é também exemplo da Coprossel em incentivar ações de sustentabilidade.

Sustentabilidade - O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, explicou que o caminho adotado pela Coprossel é o mesmo que o governo enxerga para o Paraná. “Nossa visão de ser sustentável é essa. É proteger as nascentes de água, recolher as embalagens de agrotóxico, ter o solo sempre coberto, guardar água e produzir a própria energia. São todos conceitos modernos que a Coprossel está fazendo”, disse.

Empregos diretos - Já a fábrica de rações deve ser concluída em março de 2022 e deve gerar 15 empregos diretos. para bovinos de corte e leite. A proposta é agregar ainda mais valor ao produto regional, gerando mais lucratividade aos cooperados e atendendo os associados que trabalham com a produção pecuária.

Crescimento - “Demos mais um passo para o crescimento da cooperativa, em termos de aumento de produtividade, melhoria de renda dos nossos cooperados. A industrialização agrega valor à produção”, afirmou o presidente da Coprossel, Paulo Pinto de Oliveira. “Assim, seguimos fortes na previsão de crescer cerca de 30% ao ano. Através da cooperativa, podemos levar melhoras a todos os nossos cooperados, além de melhorar a nossa produtividade”, completou.

Cooperativa - Sediada em Laranjeiras do Sul, a Coprossel conta com 12 unidades, localizadas nos municípios de Rio Bonito do Iguaçu, Porto Barreiro, Virmond e Nova Laranjeiras. A cooperativa foi inaugurada em 11 de setembro de 1991, com 20 sócios fundadores e seis funcionários, e conta atualmente 1.195 cooperados, a maioria pequenos produtores, e 300 colaboradores.

Difusão de tecnologia - Na produção de sementes, a difusão de tecnologia está presente na soja, feijão, trigo e triticale, com parceria com as principais empresas do agro. A cooperativa tem capacidade instalada de armazenamento de grãos superior a 103 mil toneladas. Com crescimento acima da média, a Coprossel faturou R$ 380 milhões no ano passado e prevê ultrapassar esse valor neste ano.

Recebimento de grãos - Nos últimos 10 anos, entre 2010 a 2020, a Coprossel aumentou em 251% o recebimento de grãos e aumentou seu faturamento em 798%. Nesse período, foram investidos mais de R$ 200 milhões em estruturas físicas novas e melhorias das já existentes. Com isso, ampliou seu escopo para além da produção de sementes.

Moinho de trigo - A cooperativa conta com um moinho de trigo, que produz a farinha Trigosel. Além da nova fábrica de ração que está sendo construída, ela também investe para ampliar a cadeia do leite, por meio da intercooperação com a Cooperativa dos Produtores de Leite de Virmond (Colervi) para industrializar e agregar valor ao leite tirado pelos produtores cooperados.

Loja agropecuária - A Coprossel ainda está iniciando a construção de uma loja agropecuária para atender toda a região, além de uma nova unidade de armazenamento em Virmond.

Renova - O RenovaPR é desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e o Instituto de Desenvolvimento Rural-Iapar-Emater (IDR-Paraná), e foi criado para ajudar os produtores rurais de distintas cadeias produtivas na viabilidade e competitividade de seus negócios.

Objetivo - O programa tem o objetivo de ampliar a oferta de energia no meio rural com o uso de fontes renováveis, especialmente a solar e de biomassa, em estímulo à competitividade, sustentabilidade e eficiência dos sistemas produtivos. O Banco do Agricultor Paranaense é ferramenta indispensável para alcançar esse objetivo, com a oferta de linhas de financiamento e equalização de taxas de juros.

Incentivos tributários - O RenovaPR conta também com incentivos tributários e de aproveitamento de créditos; um cadastro público de empresas e profissionais habilitados à elaboração e execução de projetos; e a divulgação de conteúdos promocionais que estimulem a adoção de fontes de energia renovável pelos produtores, suas organizações e entidades de representação.

Presenças - Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; os deputados estaduais Gugu Bueno, Artagão Júnior e Paulo Litro; o diretor-presidente do IDR-Paraná, Natalino Avance de Souza; o prefeito de Laranjeiras do Sul, Beto Silva; diretores da cooperativa e outros prefeitos da região. (Agência de Notícias do Paraná)

FOTO: José Fernando Ogura / AEN

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias