Início Sistema Ocepar Comunicação Rádio Paraná Cooperativo

 

cabecalho radio

Último foco de Febre Aftosa no Paraná foi em 2006


O Paraná caminha para conquistar o status sanitário de Estado Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação. A última campanha de vacinação do rebanho bovino e bubalino foi em maio, em animais de 0 a 24 meses. O índice de cobertura foi de 99%, considerado o melhor dos últimos anos.

A próxima campanha, prevista para novembro, pode não acontecer caso o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento declare o estado livre de febre aftosa sem vacinação. Depois disso, a expectativa é que a Organização Mundial de Saúde Animal chancele o novo status paranaense em maio de 2021.

Segundo o Secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, essa medida vai representar possibilidades de ganho para os pecuaristas e para o Estado.

Ainda segundo Ortigara, não há mais motivo para os produtores continuarem a gastar dinheiro com a compra de vacinas se não há mais a doença. Estima-se que os produtores paranaenses deixem de gastar cerca de 30 milhões de reais nesse serviço. O último foco de febre aftosa no Paraná foi em 2006.

Com informações da Agência Estadual de Notícias do Paraná.

baixar icon
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn