Início Sistema Ocepar Técnica e Econômica Informe AgroExportações Agroexportações de Janeiro/Junho 2012

DESTAQUE

Agroexportações de Janeiro/Junho 2012

Agroexportacoes

 

 

agroexportações

EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS DO PARANÁ

De Janeiro a Junho de 2012

 

img1Contexto Nacional

 

Entre janeiro e junho de 2012, as cooperativas brasileiras exportaram 2,711 bilhões de dólares, ou 1,3 % a menos que o montante registrado no mesmo período de 2011 (US$ 2,745 bilhões).

 

O Estado do Paraná manteve um bom desempenho no âmbito nacional, com embarques de US$ 975,02 milhões, o equivalente a 36% de todos os embarques das cooperativas do Brasil. Destacaram-se também São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com embarques correspondentes a respectivamente 31%, 11,8%, 7,5% e 7% dos embarques nacionais de cooperativas (Tabela 1).

 

Exportações do Agronegócio Paranaense: No primeiro semestre de 2012, o agronegócio paranaense exportou 6,4 bilhões de dólares, ou 5% a mais que o mesmo período do ano passado. O complexo-soja respondeu por 51% das exportações, com um crescimento de 14% com relação a 2011. As carnes, representam 37% da pauta de exportações do agronegócio paranaense, com aumento dos valores exportados de 5,4% em 2012. As exportações do agronegócio corresponderam a 73% das exportações totais do Paraná, de 8,8 bilhões de dólares.

  

Dados de 2011 (Jan. a Dez.)

  • Exportações de cooperativas do Paraná: US$ 2,2 bilhões
  • Principais produtos: Soja em grão (25,8%), farelo de soja (20,2%) e frango congelado (17,2%)
  • Principais destinos: China (23%), Alemanha (13%), Holanda (9%), Japão (8%) e França (4%)
  • Cooperativas no ranking de exportadores do Paraná: Coamo, CVale, Copacol, Lar, Copagril e Coopavel.

  

tabela1

 

Principais produtos exportados pelas cooperativas paranaenses

 

Até junho de 2012 os destaques das exportações das cooperativas do Paraná são:

 

Grafico2Complexo Soja: O principal produto exportado pelas cooperativas do Paraná até junho deste ano foi a soja em grão, que somou embarques de US$ 252 milhões, ou 25,9% das exportações totais. O valor apurado nas exportações foi 3,2% menor em comparação ao ano passado. O complexo soja (grãos, farelo e óleo de soja) apresenta grande importância na pauta de exportações das cooperativas, pois contabiliza 54,4% dos embarques totais. As vendas do farelo de soja tiveram uma retração de 20% em comparação a 2011(Tabela 2). Até abril deste ano, as exportações do complexo soja encontravam-se em ritmo bastante acelerado por conta das incertezas do mercado com relação ao abastecimento devido à estiagem na América do Sul. A partir de maio, os embarques diminuíram, sobretudo pela necessidade das cooperativas manter a oleaginosa em estoque para processamento e agregação de valor na entressafra brasileira.

 

Carnes de Frango:Este é o terceiro produto mais exportado pelas cooperativas. Houve um avanço nos embarques de frango, que alcançou valores de US$ 204 milhões entre, janeiro e junho deste ano, representando 21% das exportações totais. Os valores apurados com as exportações de frango avançaram 4,8% em comparação ao mesmo período de 2011.

 

Demais produtos:Destacam-se também como produtos de exportação das cooperativas o açúcar (8,7%), trigo em grão (6 %), suínos (5,4%), suco de laranja (2,2%) e milho (1,2%).

 

tabela2


 Principais destinos

Grafico2

Entre janeiro e junho de 2012, as cooperativas embarcaram seus produtos para 86 países. O país com maior participação é a China, com compras de US$ 281 milhões de cooperativas paranaenses. Os principais produtos importados por aquele país são a soja em grão (69%), frango (21%) e óleo de soja (9%). O segundo país que mais importou foi a Alemanha, seguido pela Holanda. Para os dois últimos vale uma análise agrupada com os países da União Europeia, conforme segue (cartograma na página 5):

 

tabela3União Europeia: O bloco econômico recebeu US$ 361,49 milhões das exportações das cooperativas paranaenses, equivalente a 37% das exportações. Os maiores importadores são a Alemanha, Holanda e Espanha, com respectivamente 32%, 28% e 10% dos embarques ao bloco econômico. Países que se destacam em crescimento de embarques são a Espanha, Finlândia e Portugal com compras respectivamente 951% e 1288% e 518% superiores àquelas do passado. Os principais produtos embarcados ao bloco foram o farelo de soja (54%), suínos (11%), frangos (11%), soja em grão (10%), trigo (5%) e açúcar (5%). As exportações para a UE decresceram de forma geral em 11% em comparação com o mesmo período em 2011.

 

 

 

tabela4Liga Árabe: Além da União Europeia, é interessante também uma análise dos países da liga árabe. Esses países importaram das cooperativas paranaenses US$ 82,25 milhões até junho de 2012, 1% a mais que no mesmo período de 2011. Destaques são os Emirados Árabes, Arábia Saudita, Líbia e Iraque, com altíssimas taxas de crescimento nos embarques. Principais produtos embarcados foram açúcar (49%), trigo (29%) e frangos (16,6%). Destacam-se o frango e o suco de laranja, com aumentos de 177% e 160% nos embarques em comparação a 2011.

 

 

 

 

 

 

Mapa

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn