Início Sistema Ocepar Desenv. Técnico Informes Técnicos Anteriores nº 48 - Informe Pecuário

 

cabecalho informe tecnico

nº 48 - Informe Pecuário

Cabeca Informe_Pecuario

 

1. Mercado - Carne Bovina

Principal influenciador positivo na balança comercial brasileira em 2013, o mercado de carne bovina confirmou seu bom momento ao fechar o acumulado entre janeiro e setembro com um crescimento de 25,5% no volume de produtos exportados para mais de 130 países. No total, foram 851,5 mil toneladas negociadas, representando um faturamento de US$ 3,8 bilhões de dólares - valor 18,6% superior ao do ano passado (US$ 3,2 bilhões), no mesmo período.

1

2. Mercado - Carne Suína

Depois de subir por dois meses seguidos, as exportações brasileiras de carne suína in natura voltaram a cair em setembro. Foram embarcadas 39,9 mil toneladas do produto, volume 12,7% menor que o de agosto e 26,8% inferior ao registrado em set/12, dados Secex/MDIC. Com a queda, a meta de atingir ao menos a quantidade enviada ao exterior no acumulado de 2012, de 499 mil toneladas, fica ainda mais distante. De janeiro a setembro deste ano, foram embarcadas 332 mil toneladas.

2

3. Mercado - Carne de Frango

 Os dados da SECEX/MDIC apontam que em setembro as exportações brasileiras da carne de frango in natura somaram 277.550 toneladas, recuando 8,7% em relação ao mês anterior (303.990 toneladas em agosto/13) e perto de 1,5% em relação ao mesmo mês do ano passado (281.372 toneladas em setembro/12).Também houve recuo, o quinto consecutivo, no preço médio. O valor registrado de US$1.829,37/ton. representou queda de pouco mais de meio por cento sobre o mês anterior (US$1.841,50 em agosto passado) e de 9,1% em um ano (US$2.012,09/ton. em setembro/12).O efeito principal foi a queda na receita cambial, ora no menor nível dos últimos 14 meses. A receita gerada, de US$507,740 milhões representou queda mensal de 9,3% e anual de 10,3%.

3

 4. Mercado – Leite

 Contrariando as expectativas do mês passado, os preços do leite pagos ao produtor continuaram subindo em setembro e alcançaram o maior patamar real da série do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, que foi iniciada em 2000 – os valores foram deflacionados pelo IPCA de agosto/13. Essa foi a oitava alta consecutiva. O preço bruto, que inclui frete e impostos, aumentou 2,8% (ou 3 centavos/litro) em relação ao mês passado e chegou a R$ 1,1162/litro. Este valor, se comparado com o de setembro de 2012, representa expressivo acréscimo de 21,7% na receita do produtor. O preço líquido chegou a R$ 1,0378/litro, elevação de 2,3% (ou de 2,3 centavos/litro) em relação a agosto/13. Estas médias, calculadas pelo Cepea, são ponderadas pelo volume captado em agosto nos estados de GO, MG, PR, RS, SC, SP e BA.

4

5. Referências

- ABIEC, Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes. Disponível em: www.abiec.com.br.

- ABRAFRIGO, Associação Brasileira de Frigoríficos. Disponível em: www.abrafrigo.com.br.

- AGROSTAT, Estatísticas de Comercio Exterior do Agronegócio Brasileiro. Disponível em: www.agricultura.gov.br.

- AviSite, Portal da Avicultura na Internet. Disponível em: www.avisite.com.br.

- AveWorld, O Megaportal da Avicultura Brasileira. Disponível em: www.aveworld.com.br.

- APS, Associação Paranaense de Suinocultores. Disponível em: www.aps.org.br.

- CEPEA, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada. Disponível em: www.cepea.com.br.

- CILeite, Centro de Inteligência do Leite. Disponível em: http://www.cileite.com.br.

- MDIC, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Disponível em: www.mdic.gov.br.

- PorkWorld, O Megaportal da Suinocultura na América Latina. Disponível em: www.porkworld.com.br.

- Scot, Scot Consultoria. Disponível em: http://www.scotconsultoria.com.br.

- SEAB, Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná. Disponível em : http://www.seab.pr.gov.br.

- Sindicarne, Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados. Disponível em: www.sindicarne.com.br.

- Suinocultura Industrial. Disponível em: www.suinoculturaindustrial.com.br

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn