Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COP25: Brasil desiste de sediar evento da ONU sobre mudança climática

 

 

cabecalho informe

COP25: Brasil desiste de sediar evento da ONU sobre mudança climática

 

cop25 28 11 2018O Brasil desistiu de sediar a Conferência das Nações Unidas sobre mudanças climáticas, a COP25, que seria realizada pelo país em meados de 2019. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, o governo conduziu análise minuciosa dos requisitos” para sediar o evento, a qual se debruçou principalmente sobre as necessidades financeiras demandadas pela iniciativa. 

 

Restrições - “Tendo em vista as atuais restrições fiscais e orçamentárias, que deverão permanecer no futuro próximo, e o processo de transição para a recém-eleita administração, a ser iniciada em 1º de janeiro de 2019, o governo brasileiro viu-se obrigado a retirar sua oferta de sediar a COP25”, destacou o Itamaraty por meio de nota nesta terça-feira (27/11).

 

Crítica - Durante a campanha eleitoral, o próprio presidente eleito Jair Bolsonaro criticou o Acordo de Paris. Seus aliados também mantiveram críticas a medidas tomadas no âmbito multilateral para combater o aquecimento global.

 

Confirmação - Em outubro, antes do primeiro turno, o governo confirmou a candidatura brasileira, destacando que a decisão confirmava o papel de liderança do país em temas de sustentabilidade ambiental. “Em função da praxe de rotação regional das sedes das COPs, cabe a país da América Latina e do Caribe sediar a COP25.

 

Aprovação - Com o endosso regional, a candidatura brasileira deverá agora ser submetida à aprovação da Conferência das Partes da UNFCCC, em sua 24ª Sessão, que terá lugar em Katowice, Polônia, entre 2 e 14 de dezembro de 2018”, explicou uma nota do Itamaraty divulgada à época. “A Conferência das Partes é o órgão máximo da Convenção e está atualmente empenhada em concluir a regulamentação do Acordo de Paris, de modo a permitir aos países signatários sua plena implementação a partir de 2020.” (Valor Econômico)

 

Foto: Pixabay

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias