cabecalho informe

INSTITUTO SICOOB: Mais atuação junto às Centrais do Sistema

 

O Instituto Sicoob tem buscado expandir a atuação junto às Centrais de todo o Sicoob. Por isso, com o objetivo de conseguir levar os programas e ações da Instituição até outras localidades, o superintendente, Luiz Edson Feltrim, e a gerente, Emanuelle Moraes, visitaram as Centrais para sensibilização quanto à adesão do Instituto.

 

Apresentação - A apresentação para as Centrais foi realizada em duas etapas. Na primeira, Feltrim contextualizava o Investimento Social Privado relembrando, especialmente, a origem das cooperativas como uma sociedade de pessoas que se preocupam com a comunidade em que estão inseridas, baseando-se no “Interesse pela Comunidade”, o último dos sete princípios cooperativistas, um conjunto de alinhamentos gerais pelos quais as cooperativas são regidas. “A prática de investimento social privado está alinhada às diretrizes do Sicoob, bem como ao negócio de gerar valor compartilhado. Por isso, existe um movimento nas corporações para que elas utilizem esse investimento na atuação, contribuindo diretamente no desenvolvimento das comunidades”, explica Feltrim.

 

Processo - Num segundo momento, Emanuelle apresentava a estratégia de implementação da agenda do Instituto Sicoob em cada Central, destacando as etapas do processo, sugerindo adesão da Governança e ressaltando a importância de as cooperativas contarem com um executivo e, de maneira integral, com a Pessoa de Desenvolvimento Estratégico (PDE), nas Centrais, e a Pessoa de Apoio Estratégico (PAE), nas Singulares. Essas três figuras (executivo, PDE e PAE) serão os colaboradores responsáveis por gerenciarem os assuntos voltados ao Instituto Sicoob dentro das cooperativas.

 

Estratégia - Feltrim afirma que a adesão ao Instituto é o processo formal para dar efetividade à decisão estratégica da liderança do Sicoob de se ter uma entidade nacional que coordene as ações de responsabilidade socioambiental de todo o Sistema. “Como agência estratégica do investimento social do Sicoob, o Instituto contribui para fortalecer o relacionamento das cooperativas com as comunidades, agindo como facilitador das transformações sociais e do desenvolvimento sustentável nos locais em que o Sicoob está presente.”

 

Adesão - De acordo com o superintendente, a parceria gerada a partir da adesão das Centrais ao Instituto pode fazer a diferença. “Com a atuação conjunta do Instituto, das Centrais e associadas, além das empresas do conglomerado Bancoob, criaremos uma grande rede de implementação de ações de responsabilidade socioambiental que fortalecerá nosso Sistema e, até mesmo, o cooperativismo de crédito em todo o País”, garante Feltrim. Todas as 16 Centrais do Sistema Sicoob receberam Feltrim e Emanuelle para sensibilização, sendo que 14 já aderiram, enquanto as outras duas manifestaram interesse e estão em etapa de formalização da adesão.  

 

História - O Instituto Sicoob, que nasceu em 2004 no Sicoob Metropolitano, em Maringá (PR), passou a integrar a agenda do Sicoob Central Unicoob em 2009. Em 2016 também passou a integrar a agenda do Sicoob Central Rio, o que possibilitou que 29 Singulares ligadas ao Unicoob e Central Rio, recebessem apoio e executassem os programas e ações, atuando de maneira estratégica e impactando comunidades e sociedades ao redor de onde estão inseridas. 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias