cabecalho informe

C.VALE: Dia de campo mostra novas tecnologias a 13 mil pessoas

 

O manejo de solos centralizou os debates durante o Dia de Campo de Verão da C.Vale, de 15 a 17 de janeiro, em Palotina. O pesquisador José Eloir Denardin, da Embrapa de Passo Fundo, disse que “sem a compactação do solo, a perda pela estiagem seria muito menor”, referindo-se à quebra da safra de soja 2018/19 no Paraná. Ele recomendou o cultivo de gramíneas como milho, sorgo, capim sudão e braquiária para a produção de palhada e raiz necessárias à proteção e descompactação do solo.

 

Precisão - A C.Vale mostrou os efeitos da agricultura de precisão para a melhoria da fertilidade do solo. Técnicos da cooperativa mostraram, em uma trincheira, os benefícios da tecnologia para a fertilidade do solo.  O especialista Ricardo Guerra fez recomendações sobre o isolamento térmico das granjas e observou que esse cuidado pode significar redução dos custos da atividade.. Empresas de insumos agrícolas investiram em stands ousados para receber os visitantes e destacar seus principais produtos. 

 

Vendaval - Um vendaval ao final do primeiro dia causou estragos em stands ligados a maquinas e avicultura, mas a cooperativa fez um ajuste para manter as atividades nos dois dias seguintes. Com a antecipação da colheita da soja e do plantio do milho devido à estiagem, o Dia de Campo reuniu aproximadamente 13.700 pessoas, 9% menos que a edição anterior. Para 2020, a C.Vale antecipará o Dia de Campo em uma semana. O evento está marcado para 7, 8 e 9 de janeiro. (Assessoria de Imprensa C.Vale)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias