Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias BANCO CENTRAL: IBC-Br cai 0,47% em abril ante março, no piso das estimativas

 

 

cabecalho informe

BANCO CENTRAL: IBC-Br cai 0,47% em abril ante março, no piso das estimativas

banco central 14 06 2019

 

O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central (BC) registrou queda de 0,47% em abril sobre o mês anterior. O desempenho, medido pela série com ajuste sazonal, veio após uma retração de 0,30% em março (dado revisado de uma queda de 0,28% divulgada anteriormente).

 

Mais forte- A queda da atividade no quarto mês do ano veio mais forte que a mediana das projeções dos economistas consultados pelo Valor Data, de recuo de 0,1%. O dado ficou no extremo de baixo das estimativas, que variavam de queda de 0,5% a alta de 0,53%.

 

Comparação - Na comparação com abril do ano passado, sem ajuste sazonal, o IBC-Br apresentou queda de 0,62%. No acumulado em 12 meses até abril, houve alta de 0,72%. No ano até abril, acumula expansão e 0,06%.

 

Diferenças - Embora os índices tenham diferenças metodológicas e conceituais, o IBC-Br é considerado um indicador antecedente do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado trimestralmente pelo IBGE. De frequência mensal, o IBC-Br é calculado a partir de indicadores da produção dos três principais setores da economia — agricultura, indústria e serviços.

 

PIB - Já o PIB mede a soma dos bens e serviços produzidos no país tanto pela ótica da produção quanto pela ótica do consumo das famílias, empresas e governo. Os dados utilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para cálculo do PIB são mais abrangentes e desagregados do que os usados pelo BC. (Valor Econômico)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias