cabecalho informe

COOPAVEL: Projeto Água Viva recupera nascentes no interior de Três Barras do Paraná

O agricultor Valmir Antonio Trentin, da comunidade de Igreja Amarela, em Três Barras do Paraná, está feliz da vida. Um antigo projeto do produtor acaba de ser consolidado com a colaboração da Coopavel, cooperativa da qual é filiado há anos. Duas nascentes da propriedade, de onde ele tira o sustento da família, acabam de ser recuperadas e protegidas. “E não é só isso, passam a abastecer todas as instalações garantindo água de qualidade às pessoas e também às criações”.

Água Viva - Valmir é mais um dos cooperados integrados ao Água Viva, programa de recuperação de fontes de água criado há 16 anos pela Coopavel. Por meio dele, técnicos detectam minas que podem ser protegidas e, assim, melhorar as condições de vida da família rural. “Esse é um trabalho ambiental e social de grande repercussão. Ele pratica o “ganha-ganha”: de um lado as nascentes e o meio ambiente protegidos e do outro o produtor rural garantido água limpa e abastecimento para a sua propriedade”, diz o gerente da Filial de Três Barras, Eder Luis Alves de Carvalho.

Praticidade - O sucesso do Água Viva está alicerçado também na praticidade de execução dos trabalhos de proteção da mina. A Coopavel tem prestadores de serviço e parceiros capacitados para a função que, ao ser acionados, vão à propriedade e com a ajuda do produtor e vizinhos fazem um mutirão para a preservação da fonte. O trabalho se torna rápido e barato por utilizar recursos encontrados na propriedade e muitas vezes sem nenhum uso. “Utilizamos terra, pedras, cimento e canos de PVC”, afirma Eder. A proteção ocorre depois de uma limpeza geral na área da fonte e no seu entorno.

Sucesso - Oficialmente criado em 2004, o Água Viva é um case de sucesso da Coopavel. Devido à sua simplicidade e facilidade de execução, ele foi levado para diversos estados e até para o exterior. Desde a concepção do programa, mais de 12 mil nascentes já foram preservadas, alcançando mais de um bilhão de litros de água por ano. “Diante de sua forte conexão ambiental, o Água Viva rende inúmeros prêmios à Coopavel e garante reconhecimentos de boas práticas também em outras regiões nas quais o conceito é praticado”, afirma Dilvo Grolli.

Alagoas - Um bom exemplo do êxito do programa está em Alagoas, onde a Carpil, uma cooperativa agrícola sediada em Palmeira dos Índios, dissemina o método. “Os resultados aqui colhidos são surpreendentes. Além de melhorar as condições de disponibilidade e de qualidade de água oferecida às famílias rurais e aos animais que elas mantêm, o Água Viva virou uma boa prática que também ajudamos a disseminar”, diz o presidente da Carpil, Luciano Monteiro. O prêmio mais recente dado à Coopavel, devido ao alcance do Água Viva, é o título de Mérito Nacional do Programa Mundo de Respeito da Corteva Agriscience. (Imprensa Coopavel)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias