cabecalho informe

PROGRAMA DE INOVAÇÃO II: Os líderes são os evangelizadores da cultura organizacional, diz Adeildo Nascimento

“A cultura engole a estratégia no café da manhã”. Com esta frase do escritor Peter Drucker, o consultor em Desenvolvimento Humano e Organizacional, Adeildo Nascimento, iniciou sua palestra na tarde desta segunda-feira (24/08) para os inscritos no Programa de Inovação do Cooperativismo Paranaense. A capacitação, promovida pelo Sistema Ocepar, por meio do Sescoop/PR, reúne 533 alunos, de 70 cooperativas do estado. Com o tema "Construindo uma cultura de Inovação", Adeildo Nascimento, lembrou que o mundo era muito diferente, nos anos 1990, quando o Peter Drucker cunhou sua famosa frase. “Nenhuma palestra fica completa sem essa frase, porque ela nos remete a um tempo muito diferente do que vivemos hoje. O mundo passado era hierárquico, piramidal. Hoje há uma sociocracia digital que conecta gerações. Todos os stakeholders estão conectados. A simbologia do mundo mudou”, afirmou.

Os pilares da inovação - “Hoje a informação é mais valiosa do que o produto físico. “A gente vive num mundo onde as máquinas pensam e ainda tomam decisões. Vivemos também um tempo em que a colaboração é fundamental”, ressaltou o palestrante. Após passar um resumo do mundo que vivemos e como, a partir da nossa realidade, construímos uma cultura de inovação, Adeildo Nascimento disse que uma cultura de inovação se constrói em cima de três pilares: símbolos, sistemas e comportamentos de líderes. “Em relação ao comportamento, é importante ressaltar que mais de 70% de uma cultura organizacional vem do comportamento de seus líderes. Eles são os evangelizadores da cultura, exemplificam na prática o que querem como cultura e que tipo de empresa que querem”, disse.

O palestrante - Adeildo Nascimento, profissional e executivo de RH por mais de 20 anos. Consultor especialista em desenvolvimento de pessoas e times. Expert em cultura organizacional. Autor do livro “Inteligência Espiritual no Mundo do Trabalho”. Co-autor do livro “CANVAS pelos grandes mestres”.

Insights - Confira a seguir, alguns dos ensinamentos de Adeildo Nascimento:

Diversidade: A construção de um ambiente que propicie a inovação, também é sustentada por grandes pilares. O primeiro deles é a diversidade etária e de conhecimento, ou seja, conectar o velho com o novo, a sabedoria com a inteligência. “Tem uma frase que diz que inteligência é acessar o Google e saber que tomate é fruto; e sabedoria é saber que não se coloca tomate em salada de fruta”, disse.

Ambiente: Outro importante pilar é o ambiente. As pessoas ao redor precisam estar abertas ao novo, abertas para ouvir as novidades, fazer com que o novo chegue até você. O ambiente também precisa dispor de um tempo para reflexão.  Numa empresa que trabalha com produção intelectual, as pessoas precisam de tempo para pensar. Se não tem tempo para refletir sobre o que está fazendo, não vai inovar nunca. Os produtos mais rentáveis nasceram num momento de reflexão e não de execução”

Prática e processos: Nessa questão, a colaboração é necessária para que as pessoas aprendam. Uma vez ouvi de um cooperado a seguinte frase: “a minha vantagem não precisa ser sua desvantagem”.  Este é o cerne da cooperação.

Experimente:As empresas que inovam erram no momento da experimentação e não na execução.

O aprendizado é constante: Somos eternos aprendizes. Jamais pare de aprender. Começa a envelhecer, tem dificuldade para aprender,

Humildade: Tudo o que falei antes, não funciona se os líderes não tiverem a cultura da inovação, para desenvolvê-la é preciso ter humildade - a única força capaz de quebrar o orgulho.

Escuta ativa: Os líderes não foram educados para ter humildade, porque não escutam; e meritocracia com valores.

Tenha um propósito: As pessoas se engajam mais em causas do que em empresas. Tenha uma causa na sua empresa. Tenha um grande propósito. Com uma causa, você consegue agregar pessoas. Ela pode ser certa ou errada, mas é um ponto de convergência.

Colaboração:Não vamos conseguir criar um mundo melhor para nossos filhos sozinhos.

A cultura engoliu a estratégia:As empresas mais valiosas, estão criando uma nova cultura. É por isso que vocês estão aqui, para serem os líderes que vão construir uma cultura vencedora. Cabe a nós como líderes, criar uma cultura boa para esse mundo e só vamos fazer isso inovando.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias