Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COCAMAR I: Mulheres falam de seu papel no agro

 

 

cabecalho informe

COCAMAR I: Mulheres falam de seu papel no agro

Mais de 200 pessoas, em grande parte produtoras ligadas à Cocamar, acompanharam na tarde de quinta-feira (27/08) a 9ª jornada do Ciclo de Debates Cocamar que teve como tema A Atuação da Mulher no Agronegócio.

Convidadas - Com a mediação do presidente executivo Divanir Higino, o encontro contou com a participação de duas convidadas: a presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Teka Vendramini, e a fundadora da Rede Digital AgroMulher, Vanessa Sabioni.

Oportunidades - Divanir mencionou que 17% do quadro social da Cocamar é composto por cooperadas “e a cooperativa vem se empenhando em oferecer oportunidades de capacitação para esse público, como os cursos mantidos em parceria com o Sescoop/PR”.

Um marco - A capacitação foi ressaltada no debate como a melhor maneira de a mulher conquistar o seu espaço no meio rural. Teka Vendramini disse que há consciência disso por parte das produtoras, que podem, ao mesmo tempo, ser esposas, mães e parceiras de seus maridos na gestão dos negócios da família. “O ano de 2017 foi um marco para nós, foi quando as mulheres começaram a se organizar em grupos, cooperativas, associações, interessadas em conhecer novas tecnologias, intensificando o seu aprendizado”, disse. “Quando surge uma nova tecnologia, pode ter certeza que a produtora é a primeira a querer conhecer.”

Representativas - Formada em agronomia, Vanessa Sabioni relatou que quando decidiu contar histórias de mulheres do campo e promovê-las por suas realizações, descobriu o quanto elas têm representatividade. “Elas são mais de 40% do setor e pelo menos 30% ocupam cargos de gestão”, destacou. E dos cerca de 20 milhões de postos de trabalho gerados pelo agro, a presença da mulher se sobressai por ocupar funções estratégicas como as de engenheiras agrônomas, zootecnistas, médicas-veterinárias, consultoras, enfim.

No mundo - Teka Vendramini comentou que, segundo dados da ONU, as mulheres são 43% dos 1,3 bilhão de agricultores existentes no mundo. No Brasil, elas estão presentes em todos os setores, lembrando que a pandemia trouxe dificuldades para alguns deles, como o de flores, leite e hortigranjeiros. Aliás, o segmento de hortigranjeiros é o que conta com o maior percentual de trabalho feminino: 18,8% do total.

Destaques - O presidente da Cocamar lembrou que na edição do Concurso de Produtividade de Soja, realizado este ano pela cooperativa, referente a safra 2019/20, o primeiro lugar na categoria geral foi conquistado por um casal de produtores de Apucarana: Keiko e seu marido Tieso Suguiura. Ele também fez menção a outra produtora que por diversas vezes venceu o concurso: Cecília Falavigna, com propriedade em Floraí. E citou que Cecília já fez parte dos conselhos fiscal e de administração da cooperativa.

Aprimorar-se - Para Vanessa Sabioni, a mulher ainda enfrenta preconceitos em algumas áreas, além de falta de reconhecimento. “Elas nem sempre são lembradas e, não raro, ficam com receio de se pronunciar, de falar, pois o ambiente ainda é muito masculino.” Superar isso implica em buscar o desenvolvimento pessoal, melhorar a autoestima. “Somos muito resilientes, que é a capacidade de persistir, apesar das quedas”, citou, lembrando que a mulher, por ser geralmente mais detalhista e atenta, consegue perceber detalhes que escapam ao olhar do homem.

Participativa - “É preciso que a mulher reconheça o seu papel e seja cada vez mais participativa no agro”, frisou Teka Vendramini.

A ministra - Sobre o trabalho que vem sendo realizado pela ministra da Agricultura, Teresa Cristina, a presidente da SRB falou da “satisfação de ter uma mulher como ela nos inspirando. Com seu trânsito fácil em todos os setores, Teresa Cristina tem procurado abrir muitos mercados ao redor do mundo para os produtos do agro brasileiros” e disse acreditar que o bom momento do setor é fruto, em grande parte, das realizações da competente ministra e sua equipe.

Participações - Ao longo da transmissão, foram veiculadas mensagens de várias cooperadas: Mírian Neuman, de Rancho Alegre; Marilza Vendramin, de Paranavaí; Eliete Nespolo, de Iporã; Cecília Falavigna e Mari Shiozaki, ambas de Maringá. (Imprensa Cocamar)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias